Substâncias simples e compostas

Doutora em Química (UFRJ, 2018)
Mestre em Química (UFRJ, 2012)
Graduada em Química (UFRJ, 2010)

Sempre abrir.

As substâncias puras (que só possuem um único componente) podem ser divididas em simples e compostas.

Substância pura simples

É formada por apenas um tipo de elemento, sob a forma de íons iguais.

Exemplos: H2 (Gás Hidrogênio), N2 (gás nitrogênio), O2 (gás oxigênio).

Representação com átomos simbolizados por bolinhas para a molécula de H2.

Em alguns casos, um mesmo elemento pode formar substâncias simples diferentes dependendo da maneira como ele se combina, formando alótropos. Esse é o caso do oxigênio, que forma o O2 (gás oxigênio) e o O3 (gás ozônio).

Muitos elementos da Tabela Periódica existem como substância pura. A maior parte da Tabela forma substâncias puras no estado físico sólido (no caso dos metais, por exemplo) e gasoso (no caso o gás oxigênio, por exemplo). As duas únicas substâncias puras simples líquidas são o mercúrio e o bromo.

As substâncias simples podem ser classificadas em monoatômicas, diatômicas, triatômicas, etc. como vemos a seguir:

Substância pura composta

Pode ser formada por mais de um tipo de elemento, sob a forma de íons diferentes. Não existe limite para o número de átomos que formam uma substância composta.

Exemplos: CO2 (dióxido de carbono), NaCl (cloreto de sódio), H2O (água).

Representação com átomos simbolizados por bolinhas para a molécula de H2O.

Assim como nas substâncias puras, nas compostas também há a possibilidade de dois elementos formarem, dependendo da proporção entre eles, substâncias diferentes. Neste caso não chamados de alotropia pois é apenas uma combinação diferente de átomos. Mas é preciso levar em conta que para ser substância pura, a composição não pode variar.

Exemplo: H2O (água) e H2O2 (água oxigenada).

Note que ambas as substâncias possuem hidrogênio e oxigênio, mas não são a mesma.

Uma particularidade de algumas substâncias compostas é a capacidade de serem decompostas em substâncias simples. A água (H2O), por exemplo, pode ser decomposta em gás oxigênio e gás hidrogênio por eletrólise, assim como cloreto de sódio (NaCl) que, no seu estado fundido, ao passarmos uma corrente elétrica, sofre uma reação de oxirredução que dará origem a duas substâncias simples, o sódio metálico (Na) e o gás cloro (Cl2).

Bibliografia:

Atkins, P.W., Jones, L., Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente 5ª ed., Porto Alegre: Ed. Bookman, 2012.

Usberco J., Salvador E., Química Geral, 12ª.ed., São Paulo: Saraiva, 2006.

http://docente.ifsc.edu.br/michael.nunes/MaterialDidatico/Analises%20Quimicas/Quimica%20Geral/substacncias-puras-e-misturas-parte-1.pdf

http://www2.eesc.usp.br/netef/Oscar/Aula4t.pdf

Arquivado em: Química