Substâncias simples e compostas

Mestre em Química (UFRJ, 2012)
Graduada em Química (UFRJ, 2010)

As substâncias puras (que só possuem um único componente) podem ser divididas em simples e compostas.

Substância pura simples

É formada por apenas um tipo de elemento, sob a forma de íons iguais.

Exemplos: H2 (Gás Hidrogênio), N2 (gás nitrogênio), O2 (gás oxigênio).

Representação com átomos simbolizados por bolinhas para a molécula de H2.

Em alguns casos, um mesmo elemento pode formar substâncias simples diferentes dependendo da maneira como ele se combina, formando alótropos. Esse é o caso do oxigênio, que forma o O2 (gás oxigênio) e o O3 (gás ozônio).

Muitos elementos da Tabela Periódica existem como substância pura. A maior parte da Tabela forma substâncias puras no estado físico sólido (no caso dos metais, por exemplo) e gasoso (no caso o gás oxigênio, por exemplo). As duas únicas substâncias puras simples líquidas são o mercúrio e o bromo.

As substâncias simples podem ser classificadas em monoatômicas, diatômicas, triatômicas, etc. como vemos a seguir:

Substância pura composta

Pode ser formada por mais de um tipo de elemento, sob a forma de íons diferentes. Não existe limite para o número de átomos que formam uma substância composta.

Exemplos: CO2 (dióxido de carbono), NaCl (cloreto de sódio), H2O (água).

Representação com átomos simbolizados por bolinhas para a molécula de H2O.

Assim como nas substâncias puras, nas compostas também há a possibilidade de dois elementos formarem, dependendo da proporção entre eles, substâncias diferentes. Neste caso não chamados de alotropia pois é apenas uma combinação diferente de átomos. Mas é preciso levar em conta que para ser substância pura, a composição não pode variar.

Exemplo: H2O (água) e H2O2 (água oxigenada).

Note que ambas as substâncias possuem hidrogênio e oxigênio, mas não são a mesma.

Uma particularidade de algumas substâncias compostas é a capacidade de serem decompostas em substâncias simples. A água (H2O), por exemplo, pode ser decomposta em gás oxigênio e gás hidrogênio por eletrólise, assim como cloreto de sódio (NaCl) que, no seu estado fundido, ao passarmos uma corrente elétrica, sofre uma reação de oxirredução que dará origem a duas substâncias simples, o sódio metálico (Na) e o gás cloro (Cl2).

Bibliografia:

Atkins, P.W., Jones, L., Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente 5ª ed., Porto Alegre: Ed. Bookman, 2012.

Usberco J., Salvador E., Química Geral, 12ª.ed., São Paulo: Saraiva, 2006.

http://docente.ifsc.edu.br/michael.nunes/MaterialDidatico/Analises%20Quimicas/Quimica%20Geral/substacncias-puras-e-misturas-parte-1.pdf

http://www2.eesc.usp.br/netef/Oscar/Aula4t.pdf

Arquivado em: Química