Escore Corporal

O escore corporal é uma maneira do produtor avaliar (fácil mensuração) sua criação e definir se seus planos de engorda/reprodução estão com seu resultado definitivo.

Devemos determinar o escore corporal em alguns momentos da vida dos animais, como:

- Desmame: neste momento devemos determinar o escore dos bezerros e das mães, bezerros fracos de mães gordas revelam pouca habilidade materna da mãe, geralmente vacas de 1º cria estarão mais sentidas (magras);

- 30-60 dias pós-desmame: avaliar as vacas nesta fase nos fornece uma boa idéia de como as mesmas estão reagindo ao pós-parto. As vacas magras devem estar se recuperando ou então ser descartadas;

- 90 dias pré-parto: este é o último momento par determinar quais vacas estão muito magras para o parto, sendo a última oportunidade de recuperar as que estão muito magras;

- Parto: as vacas que parem magras dificilmente recuperam de estado para poder ciclar novamente (retorno ao cio);

- Estação de monta: dependendo do escore corporal das fêmeas , pode ser necessário implantação do desmame precoce (maiores taxas de prenhez).
Geralmente o escore corporal são notas em uma escala de 1-9, a saber:

- 1-3: animais magros (costelas expostas);
- 4-6: animais moderados (os animais não apresentam grande deposição de gordura, porém as costelas já não estão aparentes);
- 7-9: animais gordos, os animais nessa fase não são recomendados para reprodução, por terem excesso de gordura geralmente apresentam partos distócicos (problemas para expulsão do bezerro do útero).

Arquivado em: Zootecnia