Belize

Belize, anteriormente conhecida como Honduras Britânica, é um país independente, localizado no istmo da América Central e limitado a norte pelo México, a leste pelo mar do Caribe e a sul e oeste pela Guatemala. Sua área é de 22,965 km² (tamanho equivalente ao do estado de Alagoas), e a capital é a cidade de Belmopan. A moeda local é o dólar belizenho, e a língua oficial é o inglês, apesar do espanhol, o crioulo inglês local, o maia e o garifuna serem falados por amplas porções da população belizenha. Belize conta com cerca de 318 mil habitantes, na maioria cristãos, divididos entre católicos, protestantes, anglicanos, metodistas, menonitas, além de minorias muçulmana, budista e hindu.

Belize é a nação mais escassamente povoada na América Central, onde um terço da população é constituída por pessoas com menos de catorze anos de idade. Pouco mais da metade vive em áreas rurais e cerca de um quinto vive em Belize City, o principal porto, centro comercial, e antiga capital. A maioria dos belizenhos são de ascendência multirracial: 43,7% é de origem maia e europeia mista, ou mestiços; 29,8% são de africanos ou afro-europeus, ou crioulos; 11,0% são maias e cerca de 6,6% são afro-ameríndios (garifunas). O restante, cerca de 8,9%, são de europeus, indianos, chineses e povos do oriente médio. A língua oficial é o inglês, apesar do espanhol ser a língua nativa de cerca de 50% das pessoas e segunda língua de outros 20%. A taxa de analfabetismo funcional é de 76%.

A história de Belize é marcada pelo desenvolvimento da civilização Maia, que ocupa o atual país entre 1500 a.C. e 300 d.C., florescendo até cerca de 1200 d.C. Vários sítios arqueológicos importantes, notadamente Caracol, Lamanai, Lubaantun, Altun Ha, e Xunantunich refletem a civilização avançada desse período. O contato europeu começou em 1502, quando Cristóvão Colombo navega ao longo da costa belizenha. O primeiro núcleo de colonização que se tem notícia em Belize é obra de marinheiros ingleses sobreviventes de um naufrágio ocorrido em 1638. No entanto, a colonização inicial de Belize fica a cargo da Espanha. Os próximos 150 anos são marcados pela pirataria, exploração madeireira indiscriminada, e ataques esporádicos de índios e dos colonos espanhóis aos assentamentos britânicos.

Belize torna-se formalmente a colônia de Honduras Britânica em 1840, constituindo uma colônia da coroa em 1862. Posteriormente, várias mudanças constitucionais foram promulgadas para consolidar um governo representativo. Um auto-governo sob um sistema ministerial foi concedido em janeiro de 1964. O nome oficial do território foi alterado de Honduras britânico para Belize em junho de 1973, e a independência total é concedida a 21 de setembro de 1981.

Bibliografia:
Belize (em inglês). Disponível em: <http://www.state.gov/outofdate/bgn/belize/191353.htm>. Acesso em: 06 out. 2012.
Belize country profile (em inglês). Disponível em: <http://news.bbc.co.uk/2/hi/americas/country_profiles/1211472.stm#facts>. Acesso em: 06 out. 2012.

Arquivado em: América