Mar do Caribe

Mestra em Geografia (Unicamp, 2017)
Bacharela em Geografia (USP, 2014)
Licenciada em Geografia (UEL, 2009)

Publicado em 27/05/2019

O Mar do Caribe ou Mar das Antilhas é um mar localizado entre o Golfo do México e a costa nordeste da América do Sul. Recebe esse nome porque suas águas banham a América Central Insular, também chamada de Grandes e Pequenas Antilhas. Além da porção insular da América Central, o mar do Caribe banha a costa leste dos países da América Central ístmica: México, Belize, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá, Colômbia Venezuela.

Mapa do Mar do Caribe. Fonte: CIA / US GOV.

Geomorfologia

Sua área é de aproximadamente 2,7 milhões de Km² e sua profundidade média é de 2.200 metros. O ponto mais profundo do Mar do Caribe é a fossa das Ilhas Caymann, com profundidade de 7.685 metros.

Por estar localizado em uma área de encontro entre a Placa Tectônica do Caribe e a Placa Tectônica Norte-americana, a região do Mar das Antilhas possui intensa atividade vulcânica e sísmica. Em 2010 um terremoto no Haiti teve consequências catastróficas para o país, deixando milhares de mortos.

O Mar do Caribe/Antilhas é um mar aberto para o Oceano Atlântico, de forma que suas águas são constantemente renovadas pelas correntes marítimas atlânticas. Possui uma ligação artificial com o Oceano Pacífico por meio do Canal do panamá.

Clima

O clima da região do Mar do Caribe é tropical. As temperaturas variam pouco ao longo do ano, mantendo uma média de 30ºC no verão e 22ºC no inverno. As elevadas da temperatura da região refletem nas altas temperaturas da água oceânica, que permanece entre o 21°C e 32,2°C ao longo do ano.

A temperatura elevada da água é responsável pela formação da Corrente do Golfo. A corrente do Golfo é uma corrente marítima quente que se origina no Mar do Caribe e segue para o Atlântico Norte pelo efeito de coriolis, desempenhando importante papel na regulação da temperatura das águas na costa norte da Europa.

As altas temperaturas também são responsáveis por altos índices de pluviosidade na região. Durante o verão, a elevação da temperatura da água e da pluviosidade provoca fortes tempestades tropicais e a ocorrência de furações.

Biodiversidade

As águas quentes do Mar do Caribe favorecem o desenvolvimento de uma enorme variedade de seres vivos, desde espécies vegetais, anfíbios, peixes e mamíferos marinhos.

Estima-se que existam mais de 6.500 espécimes de plantas marinhas endêmicas na região. A variedade de plantas atrai cardumes e peixes, como a barracuda, a garoupa, a moreia e diversas famílias de caraciformes e predadores maiores, como tubarões. Entre os mamíferos marinhos encontrados no Mar do Caribe estão os golfinhos e a baleia jubarte.

Economia

Baía de Marigot, na ilha caribenha de Santa Lucia. Foto: Erika Bisbocci / Shutterstock.com

O clima tropical e as águas quentes ao longo de todo ano, fazem do Caribe um destino internacional para o turismo de lazer. O turismo é uma fonte importante de renda, sobretudo para os países da América Central Insular.

Além das atividades turísticas, o Mar do Caribe é uma importante rota de trafego comercial marítimo em virtude do Canal do Panamá, que liga o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico. O trafego constante de embarcações comerciais e até mesmo de cruzeiros turísticos tem causado problemas ambientais graves para a região e ameaçado a sua biodiversidade. Apesar disso, está em andamento um projeto para a construção de um novo canal ligando os dois Oceanos e que será construído na Nicarágua.

Arquivado em: América, Hidrografia