Oceanos

Especialista em Geografia do Brasil (Faculdades Integradas de Jacarepaguá, RJ)
Mestre em Educação (Estácio de Sá, 2016)
Graduado em Geografia (Simonsen, 2010)

Os oceanos são as maiores massas de água que existem no planeta Terra, sendo compostos inteiramente por águas salgadas e constituindo as fronteiras naturais entre os continentes. Toda a água que circunda os continentes pode ser considerada como O Oceano, que pode ser dividido em cinco oceanos:

Dos citados continentes, o único que é questionado é o oceano Antártico, que circunda o continente congelado da Antártida, porém alguns estudiosos entendem que na realidade ele é apenas o prolongamento dos demais oceanos chegando até a costa antártica.

Mapa dos Oceanos do planeta Terra. Ilustração: Designua / Shutterstock.com [adaptado]

O oceano Pacífico é o maior oceano, banhando simultaneamente a costa oeste da América, o leste da Ásia e da Oceania. Este oceano banha alguma das áreas mais instáveis sismicamente do mundo.

O oceano Atlântico é o segundo maior, sendo o oceano que banha o Brasil (inclusive as águas oceânicas do Brasil são conhecidas como Amazônia Azul em função da sua grande importância ambiental e vastidão de riquezas de suma importância para o mundo todo), separando os continentes americano (banhando a sua costa leste) europeu e africano (estes dois últimos são banhados na costa oeste).

O oceano glacial Ártico é um oceano congelado que ocupa o Polo Norte, onde não há um continente próprio como no Polo Sul (onde há o continente Antártico), sendo o oceano que “banha”, mesmo que de forma congelada, os continentes da América, da Europa e da Ásia, todos eles no extremo norte deles.

O oceano Índico é o oceano onde ocorrem as monções asiáticas, sendo também o continente que banha a costa leste da África, a costa oeste da Oceania e o sul da Ásia (especialmente na costa da Índia, que dá nome ao oceano).

As águas oceânicas tem uma importância enorme para a vida na terra, ela é fundamental na economia servindo de forma eficaz como meio de transporte, também servindo de fonte para a extração de diversos recursos que possuem valor no mercado e portanto ajudam no desenvolvimento econômico dos países que extraem esses recursos. Das águas oceânicas é que se extrai o sal, as algas (das quais se extraem substâncias como o ágar-ágar utilizado na culinária), boa parte do petróleo e gás natural, peixes, dentre outros recursos.

As águas oceânicas ainda possuem uma grande importância ambiental, sendo o berço de uma grande variedade de animais e vegetais, mas também considerando especialmente o seu papel como moderadora do clima no mundo. Os climas oceânicos possuem menor amplitude térmica (variação de temperatura) do que os climas continentais (que não sofrem influência tão direta das águas oceânicas em função de sua distância das mesmas).

As águas oceânicas servem também como o pulmão do mundo, dado que suas algas são as principais responsáveis pela produção de oxigênio, sem o qual não poderia existir qualquer tipo de vida animal ou vegetal (é incorreta a afirmação de que a Floresta Amazônica é o "pulmão do mundo").

Referências:

Atlas Geográfico Escolar do IBGE (4ª edição)

https://escola.britannica.com.br/

https://www.marinha.mil.br/content/amazonia-azul-1

Arquivado em: Geografia, Hidrografia