Amplitude térmica

Especialista em Geografia do Brasil (Faculdades Integradas de Jacarepaguá, RJ)
Mestre em Educação (Estácio de Sá, 2016)
Graduado em Geografia (Simonsen, 2010)

Quem nunca ouviu na previsão do tempo das televisões falando que em determinado local a previsão era de mínima de tantos graus e máxima de tantos outros graus? Quem nunca percebeu que a temperatura varia em um mesmo dia? Ao longo do ano a variação é muito maior. Todos nós já falamos ou ouvimos falar sobre a amplitude térmica sem, no entanto, sabermos disso.

A amplitude térmica nada mais é do que a diferença entre a temperatura mínima e a temperatura máxima de um determinado local ao longo de um determinado tempo. Vamos supor que no Rio de Janeiro ao longo de uma semana a temperatura mínima foi 20º e a máxima foi de 25º, então a amplitude térmica do Rio de Janeiro naquela semana foi de 5º.

É importante relembrar que esta variação de temperatura, conhecida amplitude térmica, pode ser contada em qualquer localidade, bem como em qualquer período de tempo (diária, semanal, mensal, anual), sendo que alguns fatores influenciam diretamente na amplitude térmica de um local. Um dos principais elementos é a maritimidade e continentalidade.

A proximidade de um determinado local em relação aos mares e oceanos (maritimidade) ou a distância em relação aos mesmos por se situar em parte mais central/interiorana do continente (continentalidade) possuem grande influência na amplitude térmica, pois as águas marítimas/oceânicas servem como moderadores da temperatura, amenizando as variações de temperatura. Basta lembrarmos que a água resiste melhor às mudanças de temperatura do que os sólidos secos como a terra, sendo muito comum nas escolas o uso da experiência de aquecer uma panela com água e aquecer uma panela seca ou com um sólido seco como farinha. Em pouco tempo a panela seca estará queimando, enquanto a com água demorará muito mais.

Esta diferença de comportamento entre a água e a terra em relação ao calor, afeta diretamente o clima e, por isso, teremos uma amplitude térmica muito superior no clima tropical continental do que no seu clima costeiro correspondente (clima tropical litorâneo). Por isso que um local famoso por sua variação de temperatura diária é o deserto, já que o clima desértico se destaca em função de possuir um calor extremo durante o período diurno e frio durante o período noturno.

A maior amplitude térmica anual registrada no mundo (100º de variação na temperatura) ocorre em algumas cidades russas, localizadas na região da Sibéria, sendo elas as cidades de: Oymyakon, Verkhoyansk e Yakutsk. Estas localidades, que estão entre as mais frias do mundo que são permanentemente habitadas podem sair dos 35º no curtíssimo verão para abaixo de -70º no inverno. Uma tão elevada amplitude térmica permite alternar entre um frio extremo e um calor demasiadamente forte.

Referências:

http://www.mundoporterra.com.br/historias-e-momentos/o-lugar-habitado-mais-frio-do-mundo/

https://mundoestranho.abril.com.br/geografia/por-que-os-ventos-sopram-da-terra-para-o-mar-durante-o-dia-e-a-noite-do-mar-para-a-terra/

Arquivado em: Clima