Sistema límbico

Graduação em Farmácia (Universidade Braz Cubas, UBC, 2012)

Para estudar as diferentes emoções que o ser humano é capaz de sentir é necessário entender as estruturas relacionadas à esses sentimentos, o conjunto de estruturas envolvidas nos processos emocionais chamamos de sistema límbico. Darwin em seu livro publicado em 1872 “The expression of the emotions in man and animals" comparou os tipos de expressões em diferentes animais. Desde então houveram diversas contribuições científicas afim de elucidar o funcionamento fisiológico, uma delas foi a de James Papez, um importante cientista, que contribuiu para os conhecimentos atuais sobre o sistema. Em seus estudos ele tentava correlacionar as estruturas emocionais no sistema nervoso as bases ligadas a emoção, Papez notou que as estruturas eram conectadas entre si formando um circuito hoje chamado de circuito de Papez. Anos mais tarde sua teoria foi comprovada pois a extração bilateral da parte anterior dos lobos temporais (estudo feito em macacos Rhesus) lesou estruturas do sistema límbico causando alteração comportamental, deixando os animais impossibilitados de avaliar situações de perigo diante de situações adversas.

circuito-papez-limbico

Hoje entretanto sabemos que grandes estruturas do encéfalo estão relacionadas as emoções, dentre elas temos em destaque o sistema límbico, hipotálamo e a área pré-frontal.

Dentre as principais estruturas do sistema límbico temos:

  • Hipocampo - Esta estrutura é substancial e tem como função o armazenamento da memória, uma lesão desta região pode alterar severamente a memória do indivíduo.
  • Tálamo - as células nervosas que enviam sinais como audição, visão, paladar e tato para o córtex estão presentes nessa estrutura as sensações de pressão, dor e temperatura também são enviadas através do tálamo. Ele tem como função a integração do sistema sensorial e motor.
  • Hipotálamo - Representa menos que 1% do tamanho total do cérebro porém regula funções importantíssimas dentre elas o sono, libido, o apetite e a temperatura do corpo.
  • Amígdala - está relacionada com a percepção semiconsciente, padroniza comportamentos apropriados para cada ocasião, está relacionada com a memória emocional que temos das coisas. É importante para o reconhecimento, formação e manutenção das emoções envolvidas com o medo. A lesão desta região é responsável pela redução na capacidade de detecção do medo diminuição da emocionalidade, e seu estímulo leva a um estado de ansiedade, medo e atenção aumentada.
  • Giro cingulado - está relacionada com o controle visual, auditivo e as alterações das emoções, medicamentos que estimulem essa estrutura podem causar efeitos alucinógenos.
  • Área pré frontal - esta área não faz parte do sistema límbico porém suas conexões estão diretamente ligadas a ele em estruturas como a amígdala e o tálamo. No caso de lesão desta região o paciente apresenta redução na concentração e perde o senso das responsabilidades sociais.
Algumas estruturas do sistema límbico. Ilustração: joshya / Shutterstock.com

Algumas estruturas do sistema límbico. Ilustração: joshya / Shutterstock.com

Os estados emocionais podem envolver diversas áreas do sistema límbico, sendo algumas estruturas ativadas e outras inibidas simultaneamente como no caso da alegria que provoca a ativação de regiões como gânglios basais, estriado ventral e putâmen, já a expressão de raiva, por sua vez, está relacionada com a excitação do hipotálamo posterior enquanto o telencéfalo media efeitos contrários a esse comportamento.

Referências:
MORAES, A.P.Q. O livro do cérebro. Vol 1. São Paulo, editora Duetto - 2009. pag 64.
FRANCO, S.N. Descomplicando as práticas de laboratório de neuroanatomia. 2005.

http://www.guia.heu.nom.br/sistema_limbico.htm
http://www.psiquiatriageral.com.br/cerebro/emocoes.htm

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.