Cadeia alimentar

Os organismos na natureza precisam obter energia de diversas formas. A cadeia alimentar é uma sequência que liga organismos através das relações de alimentação. Essa cadeia é formada por produtores, consumidores e decompositores.

Níveis tróficos

Os níveis tróficos são a ordem em que as cadeias alimentares são organizadas:

  • Seres autotróficos: fazem parte dessa classificação da cadeia alimentar os seres capazes de produzir seu próprio alimento. Esses seres, representados pelas plantas, as cianófitas (algas azuis e verdes) e algumas bactérias, são conhecidos como produtores primários;
  • Seres heterotróficos: fazem parte dessa classificação os seres que não são capazes de produzir o próprio alimento, ou seja, precisam caçar ou procurar por seus alimentos. Esta classificação inclui todos os animais e fungos. Nesta classificação também estão os seres herbívoros, os carnívoros e os decompositores.
    • Herbívoros: animais que se alimentam diretamente dos produtores como, por exemplo, a vaca, que se alimenta de capim (um produtor primário). Dessa forma, são conhecidos como consumidores primários pois alimentam-se diretamente de um produtor primário;
    • Carnívoros: se alimentam diretamente dos seres heterótrofos como, por exemplo, o leão nas selvas. São conhecidos como consumidores secundários pois alimentam-se da carne dos produtores primários;
    • Decompositores: são seres microscópicos que se alimentam de matéria morta.

Ao longo de toda essa cadeia, há trocas de matéria e energia. Essa troca ocorre sempre dos produtores primários (autotróficos) para os consumidores (seres heterótrofos) tendo os nutrientes reciclados pelos decompositores fazendo com que o ecossistema em questão sempre tenha uma nova remessa de nutrientes; o ciclo da matéria sempre termina com a ação dos decompositores.

Num ecossistema, a fonte de energia para os seres vivos heterótrofos são os seres autotróficos que utilizam como fonte de energia a luz do Sol, por meio da fotossíntese. Cadeias alimentares conectadas formam as teias alimentares.

Nos ecossistemas aquáticos, as algas microscópicas representam os produtores primários. Zooplânctons alimentam-se dessas algas, ganhando a classificação de consumidor primário. Os peixes são os consumidores secundários pois alimentam-se diretamente dos zooplânctons. Além disso, também há a classificação de consumidor terciário que incluem o homem e animais maiores como tubarões e baleias.

A cadeia alimentar também inclui substâncias que, em grande quantidade, podem se mostrar bastante tóxicas e nocivas a muitos organismos. Conforme o tamanho dos níveis tróficos, a quantidade desses elementos como mercúrio e chumbo pode aumentar causando intoxicação de várias magnitudes. Este processo é conhecido como bioacumulação ou magnificação trófica.