Oligoelementos

Também conhecidos como microminerais, os oligoelementos são um conjunto de elementos químicos inorgânicos necessários aos seres humanos em pequenas quantidades, que desempenham diversas funções metabólicas no organismo, principalmente na formação de enzimas vitais aos mais diversos processos bioquímicos realizados pelas células. São adquiridos por meio de dietas balanceadas e diversificadas.

Veja na tabela a seguir os principais oligoelementos, suas funções, fontes, bem como as desordens ocasionadas pela deficiência dos mesmos.

Elemento Funções Fontes Consequências da Deficiência
Cobalto Um dos componentes da vitamina B12, essencial para a produção das hemácias Carnes e laticínios Distúrbios nervosos e anemia perniciosa decorrentes da carência de vitamina B12
Ferro Componente da hemoglobina, mioglobina e enzimas respiratórias; é fundamental para o processo de respiração celular, pois se liga ao O2 levando-o até as células e ao CO2 para devolvê-lo ao exterior Fígados, gema de ovo, legumes, nozes e vegetais verdes Anemia ferropriva
Iodo Componente dos hormônios da tireoide, que estimulam o metabolismo, diferenciação fetal Frutos do mar, sal de cozinha iodado e laticínios  Hipotireoidismo, bócio e detenção do crescimento fetal
Zinco Integrante de dezenas de enzimas, muitas delas envolvidas na digestão.  Vegetais, carnes, pescados, fígado, ostras e cereais integrais Atraso do crescimento, diminuição da capacidade de cicatrização
Selênio Contribui para a ação de enzimas que combatem o câncer e confere elasticidade aos tecidos Carnes de aves, limão, moluscos, fígado e leguminosas Alterações musculares e cardíacas
Cromo Importante para o metabolismo energético, potencializa o efeito da insulina Cereais integrais, frutas cítricas, azeitonas e levedos de cerveja Diminuição da tolerância à glicose, neuropatia periférica
Molibdênio Indispensável para a ativação de algumas enzimas, atuando como cofator Cereais integrais, leite e leguminosas Síndrome de intoxicação por sulfito
Cobre Componente de várias enzimas, essencial para a síntese de hemoglobina, favorece o sistema imunitário Fígado, ovos, peixes, trigo integral e feijão Anemia, neutropenia, desmineralização óssea, alteração do cabelo e hipotermia
Flúor Importante componente dos ossos e dentes, protege os dentes contra cáries Água fluorada, crustáceos, grãos e peixes Cárie dentária e osteoporose
Manganês É necessário para a ativação de diversas enzimas Cereais integrais, gemas de ovo, carnes, nozes, frutos secos e vegetais verdes

Os oligoelementos, embora sejam obtidos através da alimentação, em alguns casos, seu consumo pode não ser suficiente, sendo, portanto, necessário a aquisição de suplementos alimentares, medicamentos que repõem as reservas de nutrientes no organismo. É importante ressaltar que os suplementos devem ser ministrados apenas sob prescrição médica.

Referências:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Oligoelemento
http://www.criasaude.com.br/N2927/oligoelementos.html
http://www.drashirleydecampos.com.br/noticias/17579
http://www6.ufrgs.br/favet/lacvet/restrito/pdf/oligoelementos_tatiane.pdf

Arquivado em: Bioquímica