Centríolo

Por Clarisse Rocha
Os centríolos são estruturas citoplasmáticas existentes na maioria das células eucarióticasanimais, algas, protistas, briófitas e pteridófitas. No entanto, em alguns seres unicelulares, dos fungos e da maioria das plantas com sementes – angiospermas e gimnospermas, caso dos pinheiros – estes pequenos cilindros não estão presentes.

centriolocentriolo2Cada centríolo é uma estrutura cilíndrica constituído por microtúbulos dispostos da seguinte forma: nove grupos de três microtúbulos formando a parede do centríolo, como mostram as figuras.

Estas organelas ocorrem aos pares nas células, dispostos perpendicularmente entre si e localizados no centro celular, região mais densa do citoplasma, próxima ao núcleo, de onde saem os microtúbulos do citoesqueleto.

Células que não apresentam centríolos como as angiospermas e os pinheiros, possuem, entretanto, o centrossomo.

Os centríolos são responsáveis pela formação dos cílios e flagelos e pela organização do fuso acromático durante a divisão celular. Além disso, são estruturas capazes de se autoduplicar: orientando a formação de novos centríolos a partir dos microtúbulos presentes no citoplasma.

Fontes:
http://usuarios.lycos.es/biovfe/apuntscell_4.html
AMABIS, J.M; MARTHO, G.R. Fundamentos da Biologia Moderna. 3ª ed. São Paulo. Editora Moderna, v. único, 2003.
LINHARES, S; GEWANDSZNAJDER, F. Biologia. 1ª ed. São Paulo. Editora Àtica, v. único, 2008.
LOPES, S; ROSSO, S. Biologia. 1ª ed. São Paulo. Editora Saraiva. v. único, 2005.