Nitrato de Sódio

Por Mayara Cardoso
Também conhecido com salitre do Chile, o nitrato de sódio é um sal inorgânico representado pela fórmula química NaNO3, em condições ambientes tem forma de pó ou cristais, inodoro, incolor ou de cor branca; solúvel em água, álcool e amônia líquida, com densidade de 2,3 g/cm³, ponto de fusão de 308°C e ponto de ebulição de 380°C.

Esse sal pode ser obtido artificialmente a partir da amônia ou da reação de ácido nítrico com hidróxido de sódio. Normalmente é encontrado na natureza, sendo esta a mais importante de suas fontes de comércio. Os territórios da Argentina, Bolívia, Chile e Peru possuem as principais reservas naturais do nitrato de sódio.

Entre as principais aplicações do nitrato de sódio, pode-se citar:

  • a fabricação de fertilizantes nitrogenados;
  • a produção de explosivos (dinamite e pólvora negra, principalmente), vidros, fogos de artifício, adesivos, aditivos de pinturas, reativos fotográficos;
  • usado como conservante na fabricação de derivados do leite, enlatados, embutidos (linguiça, salsicha, presunto, mortadela, salame, rosbife) e outros produtos cárneos, em que age também como fixador de cor;
  • a produção de alimentos substituindo o sal de cozinha (NaCl);
  • fabricação de bolachas de carvão, em que atua como oxidante;
  • liquefação de gelo e neve,
  • tratamento de esgoto e água contaminada;
  • fabricação de produtos de limpeza
  • na indústria do fumo, potencializando as características do tabaco;
  • na indústria metalúrgica, em banhos de têmpera.

O nitrato de sódio pode gerar riscos quando exposto a materiais combustíveis, substâncias inflamáveis, alguns compostos orgânicos, agentes redutores e cianureto. Trata-se de um produto oxidante, de baixa estabilidade e, comburente (ainda que não seja inflamável). Pode provocar alguns efeitos adversos à saúde humana: se ingerido, pode provocar dores abdominais, cianose (coloração azulada da pele), diarreia, tontura, convulsões, dificuldade de respiração e dores de cabeça ; o contato com pele e olhos causa irritação, vermelhidão e dor. Tem como produtos de decomposição óxidos de nitrogênio, nitrito de sódio (NaNO2) e peróxido de sódio (Na2O2), que são substâncias de alto risco.

Referências:
http://www.spumol.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=124:nitrato-de-sodio&catid=43:quimicos&Itemid=86
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nitrato_de_s%C3%B3dio
http://www.pdamed.com.br/diciomed/pdamed_0001_11985.php