Agalaxia contagiosa

A agalaxia contagiosa trata-se de uma desordem infecciosa que acomete ovinos e caprinos e  tem como agente etiológico a bactéria do gênero Mycoplasma, em especial a M. agalactiae, embora também possa ser causada pela M. capricolumM. mycoides e M. putrefaciens.

No Brasil, é especialmente importante na região Nordeste, principalmente na Paraíba, onde houve surto desta desordem em 2001 a 2002.

O agente causador da agalaxia contagiosa pode estar presente no ambiente, como solo, água e também nas excreções e secreções dos animais contaminados, como fezes e leite.

O período de incubação varia de 12 a 18 horas. As manifestações clínicas incluem:

  • Mastite;
  • Agalaxia;
  • Artrite;
  • Ceratoconjuntivite;
  • Fraqueza generalizada;
  • Hipertermia;
  • Pneumonia;
  • Aborto.

O diagnóstico pode ser alcançado por meio da identificação de anticorpos no soro, através do teste de fixação do complemento ou teste imunoenzimático (ELISA). Para a confirmação da presença da doença em locais considerados livres da doença, geralmente é preciso isolar os animais, visando fazer a identificação do agente etiológico infectante.

O uso de antibióticos não é muito eficaz. Pesquisas alternativas apontam que a bioterapia (medicamentos homeopáticas) auxilia na diminuição da infecção pela bactéria do gênero Mycoplasma e não oferece risco à saúde humana e produção de leite e derivados.

Por levar à queda na produção leiteira de ovinos e caprinos, causa um grande impacto na economia. Na economia nordestina, este impacto é notório, uma vez que a criação dessas espécies nessa região do Brasil representa uma significativa fatia da economia local.

O controle é feito evitando a entrada de animais suspeitos de albergarem a bactéria em rebanhos inócuos.  Quando algum animal encontra-se infectado, deve ser isolado e tratado.

Fontes:
http://www.portaleducacao.com.br/veterinaria/artigos/16877/agalaxia-contagiosa-dos-ovinos-e-caprinos-acoc
http://html.rincondelvago.com/agalaxia-contagiosa.html
http://web.oie.int/esp/normes/mmanual/pdf_es/2.4.03_Agalaxia_contagiosa.pdf

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças animais