Pegada Hídrica

Por Fernando Rebouças
Quantificar o consumo e enxergar como utilizamos os recursos hídricos é uma das principais funções da “pegada hídrica”. A pegada hídrica é um projeto idealizado pela Universidade de Twente, na Holanda, com o apoio da Unesco.

O projeto visa acompanhar o uso da água nos 132 países membros. A utilização desse recurso natural é compreendido como uma “pegada”. Esse projeto mantém a pretensão de comprovar que grande parte da água utilizada no planeta é direcionada para a produção de alimentos, além de ampliar o entendimento do uso da água no seu modo virtual, ou seja, cada produto e serviço ofertado e adquirido envolve o uso da água nos processos de produção, distribuição e prestação. Quando você compra um pedaço de pão, você está consumindo a água utilizada na produção da massa.

Além de um projeto, a “pegada hídrica” deve ser compreendida como uma metodologia para determinar a quantidade de água utilizada nas atividades antrópicas no seu uso e processos de  contaminação. É um instrumento de gestão que  objetiva a busca pelo uso sustentável dos recursos hídricos, e sua distribuição equitativa e justa entre os povos do planeta Terra.

O projeto considera a água como um recurso limitado que gera diversos desafios de gestão e distribuição em todas as esferas da sociedade e governos. O Brasil é considerado o país de maior reserva de água doce do planeta, porém, dentro e fora do Brasil, há diversos conflitos pela utilização dos recursos hídricos, o que envolve maior necessidade de aprofundamento dos estudos relacionados às atividades produtivas.

Para quantificar o consumo da água doce, os estudos relacionados à pegada hídrica consideram o uso direto e indireto, dentro de uma longa cadeia produtiva de produtos e serviços. Tem o objetivo de conscientizar segmentos da sociedade sobre os conflitos existentes oriundos da falta, má distribuição da água e problemas relacionados à degradação ambiental nas principais bacias hidrográficas do planeta.

Além dos governos instituírem leis e organismos para a proteção e gestão dos recursos hídricos, torna-se necessário acompanhar o uso da água por parte da sociedade e iniciativas privadas (empresas) e envolver todos os segmentos num trabalho de conscientização. Segundo especialistas, essa pegada pode ser “verde”, quando a água da chuva evapora e é utilizada na produção de determinado produto; azul, quando a água usada numa cadeia produtiva tem origem na evaporação das águas superficiais e subterrâneas; e cinza, quando uma quantidade de água é utilizada para diluição de resíduos gerados no processo produtivo.

Fontes:
http://www.redevale.ita.br/swf/
http://www.wwf.org.br/?27822/Pegada-Hdrica-incentiva-o-uso-responsvel-da-gua
http://www.oeco.com.br/semana-da-agua-2011/24896-pegada-hidrica-da-humanidade