Potássio

Por Emerson Santiago
Potássio é um metal de cor branco-prateado e mole, o sétimo do seu grupo em abundância no nosso planeta. Apesar de ser utilizado desde a Antiguidade na fabricação de sabão caseiro, sua descoberta como elemento químico ocorre somente em 1807, por obra do cientista britânico sir Humphry Davy, que, por meio da passagem de uma corrente elétrica por uma pilha voltaica em meio a uma solução de potassa cáustica em água, conseguiu isolar o elemento pela primeira vez.

O potássio é um metal do grupo 1a da tabela periódica, tendo como símbolo químico "K" (proveniente do nome latino "kallium", que por sua vez deriva do nome árabe "alqali", ou álcali, em sua forma vertida para o português, que faz alusão ao nome original de sua base KOH); já sua moderna denominação provém do latim científico "potassium" (o elemento não era conhecido na Roma Antiga, só foi batizado assim modernamente, por isso a distinção "latim científico"), significando "potassa", em referência ao método com o qual o elemento era obtido artificialmente, através do das cinzas resultantes da combustão de madeira e plantas terrestres em um vasilhame.

O potássio é o elemento mais abundante da litosfera, representando cerca de 2,4 da composição da crosta terrestre. Não encontra-se livre na natureza, sendo que a maioria dos minerais de potássio é insolúvel, e o metal só pode ser obtido com grande dificuldade. Algumas variedades como a silvita (cloreto de potássio, KCL) e carnalitta (cloreto hidratado de potássio e magnésio (KMgCl3).6H2O) dispôem de seus sais em abundância, que podem ser facilmente extraídos.

Seu peso específico é de 0,89 g/cm³, com um ponto de fusão localizado em aproximadamente 63,38 graus Celsius, possuindo um peso atômico de 39,09. Seu número atômico é 19, valendo ao potássio um lugar entre os elementos denominados "metais alcalinos" na tabela periódica dos elementos químicos.

Hidróxido de Potássio

Utiliza-se o hidróxido de potássio, seu derivado, pela sua característica de eliminar e absorver matéria gasosa, para a dissecação de gases ou então absorção de óxido de carbono e dióxido de enxofre, sendo ainda indispensável na produção de sabão mole. A potassa (carbonato de potássio (K2CO3) também é utilizado na fabricação de sabão mole e vidro, além de fonte para a preparação de diversos sais. Na agricultura, o potássio é fundamental na composição de adubos, chamados "potássicos", resultando em cloretos ou sulfatos que complementam o uso do nitrato e do fosfato.

No organismo humano, o potássio é elemento de presença indispensável, ajudando na eliminação de resíduos celulares e manutenção das fibras musculares e nervos.

Bibliografia:
http://www.tabela.oxigenio.com/metais_alcalinos/elemento_quimico_potassio.htm
http://www.mspc.eng.br/quim1/quim1_019.asp
http://www.saburchill.com/chemistry/visual/atoms/019.html
http://www.redbestoffers.com/Products.htm