Meteorologia

Por Caroline Faria
A meteorologia é a ciência que estuda os fenômenos que ocorrem na atmosfera e as interações que ocorrem entre seu estado físico, químico e dinâmico e a superfície terrestre ocasionando o tempo, os climas e as mudanças climáticas.

Os campos de estudo mais conhecidos da meteorologia são a previsão do tempo e a climatologia.

Na previsão do tempo é feita uma predição, baseada na média de diversas medições, sobre como o tempo (definido como “o estado da atmosfera em determinado instante e lugar”) estará em determinado local e instante.
Já a climatologia é o estudo estatístico dos fenômenos atmosféricos com o objetivo de caracterizar o clima (definido como “um tempo médio”, ou um conjunto de condições normais que dominam uma região durante um período de tempo longo) de acordo com sua localização geográfica, estação do ano, altitude, etc.

O tempo é determinado por uma série de fatores que incluem temperatura, umidade e pressão do ar, velocidade e direção dos ventos, precipitação, tipo e quantidade de nuvens, todos intimamente correlacionados.


Estação Meteorológica

A meteorologia é uma ciência bastante complexa uma vez que o estado da atmosfera pode ser explicado pela física, porém suas interações envolvem muitos outros fatores e um número muito grande de eventos, além do que, a atmosfera é enorme o que dificulta seu monitoramento.

Devido à essa complexidade de estudo do tempo e do clima, a meteorologia é divida em campos de estudo: a Meteorologia Física (fenômenos relacionados de forma direta com a física e a química), a Meteorologia Sinótica (relacionada com a previsão do tempo), a Meteorologia Dinâmica (relacionada aos movimentos atmosféricos e baseada nas Leis da Mecânica dos Fluidos e da Termodinâmica Clássica) e a Climatologia.

A Meteorologia pode ainda, ser classificada de acordo com a região de estudo (Tropical, de Latitudes Médias, Regional, Micrometeorologia, de Meso-Escala), segundo a aplicação (Aeronáutica, Marinha, Ambiental, Agrometeorologia, Hidrometeorologia e Biometeorologia) e segundo a técnica ou equipamentos utilizados (radiometeorologia e com satélites).

Fontes
http://fisica.ufpr.br
http://www.inmet.gov.br