Poluição dos Rios

Por Geraldo Magela Machado
Os rios trazem um enorme benefício para a sociedade, e possuem grande importância para a organização da geografia do local. Porém, nas grandes cidades, esses rios estão sofrendo consequências negativas, pois a cada dia é despejado mais lixo nas águas das cidades, e esses rios acabam se tornando esgotos a céu aberto. Esses rios, que em muitos casos são tratados como subprodutos da sociedade urbana, são utilizados como depósito de lixo.

Foto: Paulo Liebert/AE

Os principais fatores que levam à poluição dos rios são:

  • esgotos extremamente sujos que caem diretamente nos rios;
  • lixos urbanos, como as garrafas pet, lixo orgânico, detergentes, móveis, entre outros;
  • falta de conscientização da população.

Os esgotos que não são tratados possuem restos de alimento, fezes humanas, produtos de limpeza, entre outros, e são diretamente jogados aos rios, fazendo com que fique cada vez mais difícil a recuperação das águas poluídas.

Um forte exemplo de recuperação de rios poluídos é a Grã-Bretanha. Nessa região foi realizado um forte controle nas indústrias, os esgotos urbanos foram mais bem administrados. Esse rigoroso trabalho ajudou na recuperação do rio Tâmisa, que atualmente conta com diversas espécies de animais.

A conscientização da população seria uma forte aliada na despoluição dos rios, que seriam mais bem utilizados, trazendo grandes benefícios econômicos e sociais.

Fonte: Lucci, Elian Alabi – Geografia Geral e do Brasil – ensino médio/ Elian Alabi Lucci, Anselmo Lazaro Branco, Cláudio Mendonça. – 3. Ed. – São Paulo: Saraiva, 2005.

Foto: http://www.agua.bio.br/botao_e_P.htm