Indícios para Caracterização de Reações Químicas

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

O termo fenômeno expressa para a química qualquer transformação sofrida pela matéria, alterando ou não a sua identidade. Assim, qualquer acontecimento pode ser compreendido como um fenômeno, e não apenas eventos extraordinários, conforme se subentende esse termo cotidianamente.

Conforme sua natureza, pode-se ter um fenômeno físico, quando não alterar a estrutura da matéria, ou químico, quando houver a formação de produtos diferentes dos reagentes.

Um fenômeno físico é toda e qualquer transformação sofrida por um material sem que haja alteração de sua constituição interna, sendo possível sua plena recuperação por métodos elementares. Como exemplos estão todas as mudanças de estado físico da matéria.

Um fenômeno químico altera a composição da matéria, ou seja, a sua composição. É toda e qualquer transformação sofrida por um material de modo que haja alteração de sua constituição interna, não sendo possível a sua recuperação por processos elementares. Como exemplo estão as combustões e a oxidação dos metais.

Entretanto, laboratorialmente nem sempre é fácil a visualização da ocorrência de um fenômeno químico, também chamado de reação química, Dessa forma, alguns indícios podem ser utilizados para esta constatação, como a mudança de coloração, a liberação gasosa, a precipitação ou ainda a variação de entalpia.

1. Mudança de coloração. Por exemplo, a queima de papel; cândida ou água sanitária em tecido colorido, ou a queima de fogos de artifício.

2. Liberação gasosa. Por exemplo, a adição de antiácido estomacal em água, ou a decomposição da água oxigenada.

3. Formação de um precipitado. Por exemplo, ao se misturar dois sistemas líquidos ou um sistema líquido e um gás, poderá ocorrer a formação de uma nova substância no estado sólido, a qual recebe o nome de precipitado. Com o tempo o sólido formado se deposita no fundo do recipiente, isto é, sofre decantação. Isso ocorre ao se “misturar” nitrato de prata com cloreto de sódio em solução, ocorrendo a formação do cloreto de prata no estado sólido, o qual pode ser notado pela sua turvação e posterior sedimentação.

4. Uma outra forma de reconhecermos se ocorreu uma reação química é a alteração da quantidade de energia na reação. A alteração na energia (entalpia) de um sistema pode também ser um indicativo da ocorrência de uma reação química. Quando colocamos magnésio metálico em presença de ácido inorgânico forte, como o ácido clorídrico, além de se observar um desprendimento gasoso, percebe-se um aquecimento no recipiente no qual a mistura está contida. Isso evidencia a liberação de energia para o meio, característica de um processo de natureza exotérmica.

Referências:
RUSSELL, John B.; Química Geral vol.1, São Paulo: Pearson Education do Brasil, Makron Books, 1994.