Polaridade

Por Luiz Molina Luz
Dada uma ligação covalente (A─B) podemos ter dois casos:

a) A e B apresentam a mesma eletronegatividade. A ligação é chamada covalente apolar.

Exemplos:

F─F; O═O; Cl─Cl

b) A e B têm eletronegatividades diferentes. A ligação é covalente polar.

Exemplos:

H─F; H─O─; H─Cl

Consideremos as moléculas H2 e HF:

H – H e δ+H – Fδ-

Na molécula H2, o par de elétrons é compartilhado igualmente pelos dois átomos. Na molécula HF, o par é compartilhado desigualmente, aparecendo no lado do flúor uma pequena carga formal negativa, enquanto no lado do hidrogênio aparece uma carga formal positiva. A molécula de HF é um dipolo, definindo-se momento dipolar a grandeza μ= δ . d, sendo d a distância entre os dois centros de cargas formais.

Associa-se ao momento dipolar um vetor () com a orientação dada na figura abaixo. Para uma molécula com mais de uma ligação, define-se o momento dipolar total (soma vetorial do momento dipolar de cada ligação).

a) Se μtotal ≠ 0 → molecular polar.

Exemplo:

b) Se μtotal = 0 → molécula apolar.

Exemplo:

Leia também: