Hipófise

Por Marcelo Oliveira
A hipófise, ou glândula pituitária é uma glândula pequena que se divide em duas porções distintas, os lobos anterior e posterior, e é localizada na base do cérebro.

A hipófise anterior, também conhecida como adeno-hipófise, secreta seis hormônios peptídeos importantes, são eles:

A hipófise posterior, conhecida como neuro-hipófise, secreta dois hormônios:

Anatomia da Hipófise. Ilustração: Alila Medical Media / Shutterstock.com

Anatomia da Hipófise. Ilustração: Alila Medical Media / Shutterstock.com

O hormônio antidiurético e a ocitocina são sintetizados por neurônios no hipotálamo e depois secretados, e os hormônio que são secretados pela hipófise anterior são produzidos no hipotálamo.

A unidade funcional hipotálamo-hipófise forma o mais complexo, e o mais dominante componente do sistema endócrino, eles se ligam através de uma estrutura chamada pedúnculo hipofisário.

A maior parte da secreção hipofisária é controlada tanto por sinais hormonais como nervosos a partir do hipotálamo. O hipotálamo recebe sinais do organismo, e esses vão controlar as secreções dos vários hormônios hipofisários.

O hipotálamo sintetiza e secreta os hormônios liberadores e inibidores que controlam a secreção de hormônios na porção anterior da hipófise.

Os principais hormônios liberadores e inibidores hipotalamicos são:

  • O hormônio liberador da tireotropina (TRH), que estimula a secreção de hormônio tireoestimulante (TSH) pelos tireotropos.
  • O hormônio liberador da gonadotropina (GNRH), que estimula a secreção de hormônio folículo estimulante (FSH) e o hormônio luteinizante (LH) pelos gonadotropos.
  • O hormônio liberador de corticotropina (CRH) que estimula a secreção do hormônio adrenocorticotrófico ( ACTH) pelos corticotropos.
  • O hormônio liberador do hormônio do crescimento (GHRH) que estimula a secreção do hormônio do crescimento (GH) pelos somatotropos.
  • O hormônio inibidor do hormônio do crescimento (somatostatina) que inibe a secreção do hormônio do crescimento pelos somatotropos.
  • O hormônio inibidor da prolactina (PIH), que inibe a secreção de prolactina (PRL) pelos lactotropos.
  • Os hormônios hipotalâmicos são secretos nas terminações nervosas antes de serem transportados para a hipófise, e são importantes para um perfeito funcionamento do corpo.

Fontes:

  • Berne, Robert M., Levy, Matthew N., Koeppen, Bruce M. e Staton. Bruce A.. Fisiologia, Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
  • Guyton, Arthur C. e Hall, John E.. Tratado de Fisiologia Médica, Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.