Rim

Por Débora Carvalho Meldau
Rim é definido como cada um dos órgãos excretores dos vertebrados. Este é o principal órgão que compõe o sistema excretor e osmorregulador, responsáveis por filtrarem dejetos presentes no sangue e excretá-los juntamente com água.

Nos humanos, os rins ficam localizados na região posterior do abdômen, atrás do peritônio, sendo, por isso, chamados de órgãos retroperitoniais. Há um rim em cada lado da coluna, sendo que o direito está localizado logo abaixo do fígado e o esquerdo abaixo do baço. Acima de cada um encontra-se a glândula adrenal ou supra-renal.

Macroscopicamente, nos humanos adultos, este órgão mede entre 11 a 13 cm de comprimento, com 5 a 7,5 cm de largura e 2,5 a 3 cm de espessura, pesando cerca de 125 a 170 gramas no homem e 115 a 155 gramas na mulher.

Possuem formato de feijão, com uma borda convexa e outra côncava, na qual se encontra o hilo, de onde sai e entram o ureter, os nervos e vasos sanguíneos. O hilo possui também dois ou três cálices, que se reúne para originar a pélvis renal, parte superior, dilatada, do ureter. O ruim é formado pela cápsula, de tecido conjuntivo denso, a zona cortical (camada mais externa e pálida) e a zona medular (zona mais interna e escura).

Anatomia do Rim

A zona medular é composta por 10 a 18 pirâmides medulares, ou de Malpighi, cujos vértices apresentam saliências nos cálices renais, denominadas papilas, que desembocam nos ductos coletores, pelos quais a urina passa alcançando a pelve renal e o ureter. Da base de cada pirâmide saem os raios medulares, que penetram na região cortical do rim.

Cada lobo renal é composto por uma pirâmide e pelo tecido cortical que recobre suas bases e seus lados. Um lóbulo é formado por um raio medular e pelo tecido cortical encontrado em sua periferia, delimitado pelas arteríolas interlobulares.

Cada rim é constituído por 1 a 4 milhões de néfrons, que são as unidades funcionais dos rins, pois é capaz de realizar todas as funções renais. Este, por sua vez, é constituído por uma região dilatada, denominada corpúsculo renal ou de Malpighi (composto pelo glomérulo e pela cápsula de Bowman), pelo túbulo contorcido proximal, pelas regiões delgada e espessada da alça de Henle, pelo túbulo contorcido distal e pelos túbulos e ductos coletores.

Néfron

Os rins apresentam como função:

  • Expulsar do organismo substâncias tóxicas provenientes do metabolismo, como uréia e creatinina;
  • Manter o equilíbrio de eletrólitos no organismo;
  • Regular o equilíbrio ácido-básico, mantendo o pH sanguíneo constante;
  • Regular a osmolaridade e volume de líquido corporal, retirando do corpo o excesso de líquido;
  • Eliminação de substâncias exógenas, como fármacos;
  • Síntese de hormônios, como eritropoetina, cininas e prostaglandinas;
  • Modificar a forma da vitamina D que alcança o rim, após ocorrida a conversão em uma forma possível de ser transportada na corrente sanguínea;
  • Produção de urina para desempenhar suas funções de excreção.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rim
Histologia Básica – Luiz C. Junqueira e José Carneiro. Editora Guanabara Koogan S.A. (10° Ed), 2004.