Importância do Tomate

Ao contrário do que muitos imaginam o tomate não é uma verdura, mas uma fruta. O tomate, consumido por todas as classes sociais, é riquíssimo em licopeno, substância que dá sua cor avermelhada.

O licopeno funciona como um agente antioxidante, diminuindo o envelhecimento das células e contribuindo para o aumento da função imunológica. É também responsável pela diminuição na probabilidade de casos de câncer de próstata, atuando na proteção contra a oxidação do colesterol.

Estudos demonstram uma maior ligação do licopeno na prevenção deste tipo específico de câncer, contudo, sabe-se que esta fruta também atua em menor proporção na prevenção de outros tipos de câncer, como o de mama, pulmão, esôfago e pele.

Todos os homens ao alcançar a idade de 50 anos devem fazer o exame preventivo de câncer de próstata, denominado PSA, juntamente ao toque retal. Muitos homens, entretanto, deixam de fazer este procedimento tão importante no diagnóstico da doença por motivos de medo ou preconceito, contribuindo para que o número de casos seja cada vez maior. Mesmo que o tratamento deste tipo de câncer tenha evoluído tanto por meio das técnicas cirúrgicas como pelos exames, aconselha-se uma postura preventiva através do consumo de alimentos ricos em licopeno, como o tomate.

O tomate é uma das principais fontes de carotenóides. Foto: Tim UR / Shutterstock.com

Ao se tratar de forma de consumo, a melhor maneira de se consumir o tomate é em forma de molhos ou concentrados, pois, quando cozido suas paredes celulares são quebradas tornando a absorção do licopeno ainda melhor do que em tomates frescos. Recomenda-se, portanto, o consumo de 2 xícaras de molho de tomate diariamente para que os benefícios de uma dieta rica em licopeno possam ser eficazes.

Uma dica importante relativa ao assunto é a maneira que se deve guardar molhos e derivados do tomate, evitando sempre deixá-los na lata após a abertura, pois, devido a sua grande acidez, molhos e extrato de tomate irão oxidar em recipiente metálico, azedando o alimento.

O uso freqüente do tomate só deve ser evitado quando houver casos ou evidências de taxas elevadas de ácido úrico ou cálculos renais. Fora isso, inclua sempre que possível está fruta em suas refeições e desfrute de seus benefícios.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Alimentos, Nutrição