Pelicano

Graduação em Ciências Biológicas (UNIFESP, 2014)

Pelicanos são aves marinhas pertencentes à Ordem Pelecaniformes, Família Pelecanidae. Medem cerca de 120 cm de comprimento e envergadura de 2m. Extremamente adaptados ao ambiente marinho, se alimentam e vivem praticamente toda a vida na água, retornando a terra apenas para nidificar. Possuem patas totipalmadas (4 dedos unidos por extensa membrana interdigital) que auxiliam na natação. Alimentam-se principalmente de peixes, o bico é longo e possui uma bolsa ou papo- estrutura que auxilia na pesca das presas.

Os pelicanos possuem ampla distribuição e são encontrados em todos os continentes, com exceção da Antártida. Geralmente vivem agregados em colônias, pescando em conjunto e nidificando no mesmo local. Na época de reprodução os casais constroem os ninhos próximos a corpos d’água e a fêmea coloca de 1 a 3 ovos que serão encubados por um período de 29 a 36 dias. Os pais alimentam os filhotes até os quatro meses de vida.

Atualmente são reconhecidas 8 espécies de pelicanos das quais podemos destacar:

  • Pelicano-pardo (Pelecanus occidentalis): menor espécie de pelicano, com cerca de 140 cm e peso de 2,7 a 10 kg. Apresenta envergadura de até 2,00 m. Se alimenta de peixes marinhos, mergulhando no mar para pescar. Vivem nas Américas e em território brasileiro é encontrado na região Norte, como na foz do Rio Amazonas.
  • Pelicano-vulgar (Pelecanus onocrotalus): Pelicano bem característico, também chamado de Pelicano-branco ou Pelicano-comum. Possui coloração branca e ocupa partes da Europa e da Ásia. É uma ave bem grande, com cerca de 150 cm de comprimento, de 10 a 20 kg e com uma envergadura de 390 cm. São grandes pescadores de peixes marinhos. Costumam migrar para a África no período de inverno.
  • Pelicano-australiano (Pelecanus conspicillatus): Nativo da Austrália e Nova Guiné,
    possui uma envergadura de 160 a 180 cm e pesam entre 4 e 7 kg. Possuem cabeça, pescoço e ventre brancos e as pontas das asas e o dorso pretos. Na época de reprodução a pele muda para uma cor que lembra o dourado e a bolsa do bico se torna rosa.

Alimentam-se principalmente de peixes, mas sua dieta também inclui crustáceos e tartarugas marinhas recém-nascidas. Podem viver mais de 25 anos.

Bibliografia
http://www.fciencias.com/2013/07/26/pelicano-animal-em-destaque/
http://estranhosanimais01.blogspot.com.br/2014/11/pelicano-australiano.html

Arquivado em: Aves