Américo Vespúcio

Licenciatura Plena em História (Faculdade JK-DF, 2012)
Pós-graduação em História Cultural (Centro Universitário Claretiano, 2014)

Publicado em 19/03/2019

Américo Vespúcio nasceu em 9 de Março de 1454 na cidade de Florença, Itália. Na sua vida dedicou-se ao ofício de navegador das coroas de Portugal e Espanha, acumulando outras profissões e outros saberes como a de comerciante, geógrafo e cosmógrafo. Teve uma infância rodeada por livros pois o seu tio, um religioso dominicano de nome Giorgio Antonio Vespucci, possuía uma das principais bibliotecas da cidade de Florença, e ele fez questão de passar uma boa educação para o seu sobrinho. Os Vespucci eram uma das famílias mais poderosas da cidade Florentina porque tinham grandes terras, palácios, lucravam no comércio familiar e tinha cargos políticos influentes.

Ao seu encargo ficou o estudo das terras do Novo Mundo, ou seja, do continente americano. Foi ele que cuidou da administração e negociação dos navios da segunda e terceira viagem feita por Cristóvão Colombo. Pensa-se que a sua atividade teve inicio em 1497 quando participou de ataques de força pelo Atlântico.

Em 1499, um ano antes do descobrimento do Brasil, esteve perto da costa norte da América do Sul, acima do rio Orinoco quando ia a caminho das Índias Ocidentais integrando a expedição de Alonso de Ojeda. Os dois se desentenderam e se separaram seguindo cada um com duas naus. Indo em direção a Sul descobriu o estuário do Amazonas e chegou ao Cabo de São Roque, invertendo o sentido e chegando à Venezuela.

Com o tempo Américo Vespúcio demonstrou que tanto o Brasil como as Índias Ocidentais não pertenciam á região periférica do Leste do continente asiático, mas eram sim terras separadas. É certo que o nome dado ao continente americano de “América” foi em homenagem ao seu nome “Vespúcio” que na versão latina quer dizer “Americus”.

O seu papel no Brasil data de 13 de Maio de 1501 quando ao serviço da coroa portuguesa pelo rei D. Manuel I, participou na expedição de Gaspar de Lemos com o objetivo de explorar a costa brasileira e estudar o seu potencial econômico. Juntamente com ele chegaram ao Rio de Janeiro depois de percorrerem a costa até mais a sul e entrarem no primeiro dia de Janeiro de 1502 nessa baía. Daí o nome Rio de Janeiro.

Outros estudos apontam que o comandante era André Gonçalves e que a sua frota chegou até ao Cabo de São Roque descendo toda a costa até à Patagónia. Vespúcio informou imediatamente de que a costa que ele havia descoberto se estendia demasiado para ser a costa indiana que pensavam. No mapa de Waldseemuller de 1507 foi onde surgiu pela primeira o nome dado a este continente: “América”.

No entanto, ainda hoje existem dúvidas sobre se foi Colombo que efetivamente a descobriu em viagem em 1498 ou se foi Vespúcio em 1497.

No ano de 1503 ele retorna ao Brasil comandando um navio da frota de Gonçalo Coelho armado por novos cristãos associados a Fernão de Noronha. Carregou o navio de pau-brasil ao sul da baía de Todos os Santos tendo desembarcado em Lisboa em 18 de Junho de 1504. Aí afirmou ter estado num novo mundo ao qual chamou de Novus Orbia. Já no final da sua vida em 1505 foi para Sevilha e exerceu vários cargos vindo a falecer lá por malária.

Sem dúvida que as suas viagens fizeram até aos dias de hoje um dos autores mais vendidos pela popularidade das narrativas que nelas se descrevem.

Referências:

https://www.ebiografia.com/americo_vespucio/

https://www.biografiasyvidas.com/biografia/v/vespucio.htm

https://pt.wikipedia.org/wiki/Am%C3%A9rico_Vesp%C3%BAcio

Arquivado em: Biografias