Geraldo Alckmin

Licenciatura em História (IFG, 2022)

Este artigo foi útil?
Considere fazer uma contribuição:


Ouça este artigo:

Geraldo Alckmin é um professor universitário de medicina e político brasileiro, notório por ter sido o governador que permaneceu por mais anos no governo do estado de São Paulo, e por ter se tornado vice-presidente do Brasil em 2022, através da aliança policlassista da chapa Lula-Alckmin.

Geraldo Alckmin nasceu em 7 de novembro de 1952, na cidade de Pindamonhangaba, região do Vale do Paraíba, sendo filho de Geraldo José Rodrigues Alckmin e de Myriam Penteado Rodrigues Alckmin. Estudou medicina na Universidade de Medicina de Taubaté, ao mesmo tempo em que iniciava sua carreira política como vereador em 1972 pelo MDB. Em 1976 concluiu uma especialização em anestesiologia, e venceu as eleições para prefeitura da cidade.

Geraldo Alckmin

Em 1979, enquanto ainda era prefeito de Pindamonhangaba, Geraldo Alckmin se casou com Maria Lúcia Ribeiro, e o casal teve três filhos chamados Sophia, Geraldo e Thomaz

Em 1980, passou a integrar o partido PMDB, e em 1983, tornou-se deputado estadual. Em 1987, período da Assembleia Nacional Constituinte, tornou-se deputado federal e chefe da Subcomissão de Saúde, Seguridade e do Meio Ambiente, além da Comissão da Ordem Social. Um ano depois, em 1988, junto de outros ex-integrantes do PMDB como Fernando Henrique Cardoso, José Serra, Bresser Pereira, entre outros, ajudou a fundar o Partido da Social Democracia Brasileira PSDB, partido cujas origens estão profundamente relacionadas a São Paulo.

Alckmin foi eleito vice-governador do estado de São Paulo em 1994 e em 1998, em ambas ocasiões, com vitórias de Mário Covas ao governo do estado. Foi nesse período que, assumindo a presidência do Programa Estadual de Desestatização (PED), liderou uma série de privatizações, como a das rodovias Bandeirantes, Imigrantes, Anchieta, Anhanguera, além de estatais como Eletropaulo, CESP, CPFL, Comgás e Banespa.

Com a morte do governador Covas, devido a um câncer em março de 2001, Alckmin assumiu o seu lugar na chefia do poder executivo estadual. A sua atuação no governo, o possibilitou vencer as eleições de 2002 para o mesmo cargo, vencendo o candidato do PT José Genoíno.

As vitórias de Alckmin em São Paulo, nos anos de 2002, 2010 e 2014, apesar de se deverem a seus feitos pessoais, se inserem no contexto de influência que o PSDB tradicionalmente conserva nesse estado. Desde 1994, com a vitória de Mário Covas, são os candidatos desse partido que chegam ao Palácio dos Bandeirantes como governadores. Alckmin ficou no cargo pelo maior período de tempo desde a redemocratização do Brasil, permanecendo nele por nove anos.

Em 2006 Alckmin disputou com Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT, a Presidência da República, perdendo a disputa. Posteriormente, entrou na disputa para Prefeitura de São Paulo de 2018, perdendo-a.

Em 2009, foi convidado por José Serra para o cargo de secretário estadual de planejamento, cargo em que ficou até 2010, até abandoná-lo, para disputar o governo do estado, se elegendo com 50,58% dos votos.

Em 2014 obteve a sua quarta reeleição para o governo do estado com 57, 3% dos votos válidos, superando largamente Paulo Skaf do PMDB, que havia conseguido 21, 53% dos votos e Padilha do PT, com 18, 22%.

Alckmin participou das eleições presidenciais de 2018, sendo um dos favoritos, obtendo maior tempo de propaganda eleitoral na televisão, e por conta da crise que assolou o seu partido concorrente, o PT, cujo candidato favorito, Lula, estava preso em decorrência da operação Lava-Jato, e seu substituto, Haddad entrou tarde nos debates. Mas, foi o candidato Jair Messias Bolsonaro quem obteve a vitória.

Em 2022, Alckmin aceitou ser vice da chapa de Lula, integrando uma aliança policlassista, denominada de “Frente Ampla Democrática”, que uniu políticos tanto da centro esquerda, quanto da centro direita, para vencerem o presidente, e até então candidato da extrema direita à reeleição Jair Bolsonaro. A chapa de Lula venceu com 50,90% dos votos, contra 49,10% de Jair Bolsonaro, no que se transfigurou na mais acirrada disputa política desde a redemocratização do país.

Fontes:

MAIA, Jayane. Os tucanos se reproduzem na terra da garoa: um estudo eleitoral sobre a reeleição de Geraldo Alckmin em São Paulo. 2016. 162 f.; il. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade de Brasília, Brasília, 2016. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/21971 ( Acessado dia: 29/11/2022).

VIGNOLA, Ayrton. ESTADÃO. Geraldo Alckmin é o governador de São Paulo com mais tempo no cargo. ESTADÃO. Disponível em: https://noticias.r7.com/eleicoes-2014/sao-paulo/geraldo-alckmin-e-o-governador-de-sao-paulo-com-mais-tempo-no-cargo-05102014 ( Acessado dia: 29/11/2022).

G1. Apuração de votos para governador em São Paulo, eleições de 2014. Disponível em: http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/sp/apuracao-votos.html (Acessado dia: 29/11/2022).

PINHONI Marina. G1. Brasil tem a eleição mais apertada para presidente desde a redemocratização. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2022/eleicao-em-numeros/noticia/2022/10/30/brasil-tem-a-eleicao-mais-apertada-para-presidente-desde-a-redemocratizacao.ghtml ( Acessado dia: 29/11/2022).

GALVÃO Isabella. SCHROEDER, Lucas. CNN BRASIL. Alckmin foi jogada muito habilidosa de frente ampla montada por Lula, diz cientista político. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/politica/alckmin-foi-jogada-muito-habilidosa-de-frente-ampla-montada-por-lula-diz-cientista-politico/ ( Acessado dia: 29/11/2022).

Dicas de leitura:

Uma boa cronologia acerca da vida política e pessoal de Geraldo Alckmin pode ser acessada em: G1. Geraldo Alckmin, do PSDB, é reeleito governador de São Paulo. G1. Disponível em: http://g1.globo.com/sao-paulo/eleicoes/2014/noticia/2014/10/geraldo-alckmin-do-psdb-e-reeleito-governador-de-sao-paulo.html ( Acessado dia 29/11/2022).

Uma breve biografia da vida de Geraldo Alckmin pode ser acessada em: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Geraldo Alckmin toma posso no cargo de governador em 1 de janeiro. Disponível em: https://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=306707 ( Acessado dia: 29/11/2022).

Arquivado em: Biografias