Papa Fabiano

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Fabiano é considerado o vigésimo papa da história da Igreja Católica.

Nascido em Roma no ano 200, Fabiano viveu a fase inicial do cristianismo católico na Europa. Esse momento foi muito marcado pelo preconceito e, em alguns momentos, a caça deliberada do Império Romano aos seguidores da nova religião. Em meio a um conturbado período, os religiosos tentavam dar prosseguimento aos ensinamentos de Jesus Cristo e a obra de Pedro, considerado o primeiro papa da história da Igreja Católica.

Por volta do ano 200, o Império Romano começava a demonstrar mais tolerância com o cristianismo e, inclusive, alguns de seus imperadores passariam a tender para o lado da doutrina católica. Quando Fabiano voltava para Roma após o falecimento do papa Antero, havia uma divisão na escolha do novo Supremo Pontífice. Conta-se que uma pomba branca surgiu repentinamente e pousou sobre a cabeça de Fabiano, encantando todos os cristãos romanos, que o escolheram por unanimidade para ser o novo papa. Fabiano teria cedido ao momento sublime e aceitado liderar a Igreja Católica.

O papa Fabiano exerceu seu papado com grande retidão. Seu cargo na liderança da Igreja Católica esteve inserido em um momento de relativa paz para os cristãos. Aproveitando-se disso, Fabiano implementou reformas na divisão administrativa das regiões que permaneceram vigentes por muitos séculos. Mas, ainda assim, houve confrontos e momentos difíceis. Um deles foi com o imperador romano Décio, o qual perseguiu e foi agraciado com a palma do martírio, e também um desentendimento com o bispo Privado que exercia sua função na África, o qual foi deposto pelo papa.

Fabiano é identificado como responsável pelas primeiras expedições às Gálias. Em meio as disputas políticas do Império Romano, Fabiano teria batizado o primeiro imperador romano cristão, Felipe, o árabe, que seria assassinado por Décio.

O papa Fabiano é considerado mártir da Igreja Católica e chamado de São Fabiano pelos cristãos. Ele faleceu aos 50 anos de idade, após 14 anos de papado, no dia 20 de janeiro de 250. Seu sucessor foi o papa Cornélio.

Fontes:
http://www.paulinas.org.br/diafeliz/santo.aspx?Dia=20&Mes=1&SantoID=130
http://www.ricardoorlandini.net/index.php/hoje_historia/ver/8322/morre_o_papa_fabiano_20o_papa

Arquivado em: Biografias