Alternância de Gerações em Plantas

Algumas plantas e algas apresentam duas formas multicelulares durante o seu ciclo reprodutivo: o gametófito e o esporófito. Essas formas aparecem quando uma determinada fase é iniciada. A exemplo temos que o gametófito surge na fase haplóide e o esporófito na fase diplóide do ciclo reprodutivo do vegetal. Então temos a geração gametofítica e a geração esporofítica, e é entre elas que há uma alternância até que o ciclo se conclua.

Na fase haplóide que ocorre logo após a meiose só pode ser notado o cromossomo n, já na fase diplóide, que acontece depois da fecundação, temos os cromossomos 2n. No esquema abaixo é perfeitamente possível observar as fases distintas.

Ainda com base na figura, é notável a estrutura do esporângio que produz os esporos de tamanhos e funções diferentes. O menor esporo produzido é denominado micrósporo e é um gameta masculino, já o maior é denominado megásporo e é um gameta feminino. Logo, os esporângios que originarão micrósporos serão denominados de microsporângios, e os esporângios que originarão megásporos serão chamados de megasporângios.

Fontes:
http://www.diaadia.pr.gov.br/tvpendrive/modules/mylinks/viewcat.php?cid=5&min=180&orderby=titleA&show=10
http://pt.wikipedia.org/wiki/Alternância_de_gerações
http://curlygirl.no.sapo.pt/plantae.htm