Bacterioplâncton

Mestre em Ciências Biológicas (UFF, 2016)
Graduada em Biologia (UNIRIO, 2014)

Encontradas em alta abundância na superfície aquática ou associadas ao sedimento, as bactérias constituem uma importante parcela do plâncton, ocupando um lugar de destaque no processo responsável pela ciclagem de nutrientes, a Alça Microbiana.

As bactérias são seres unicelulares procariontes, ou seja, não apresentam núcleo individualizado por membrana. Estes animais apresentam pouca mobilidade, a qual ocorre através de flagelos compostos por filamentos de proteínas (i.e. flagelina), compondo assim o bacterioplâncton. Apesar de microscópicas, as bactérias são altamente abundantes no meio aquático. Estes organismos apresentam uma alta versatilidade em relação à sua estratégia trófica podendo comportar-se como produtores e consumidores primários, além de atuar no processo de decomposição da matéria orgânica.

As cianobactérias, também chamadas de cianofíceas, representam a classe de bactérias que realizam a fotossíntese, constituindo uma importante fonte de produtividade no meio aquático. Estas bactérias diferem de outras espécies pela presença de clorofila a e ficobilinas (i.e. pigmentos fotossintetizantes) em sua estrutura celular, e podem ser encontradas flutuando sozinhas, em colônias ou agrupadas em forma de filamento. São abundantes no plâncton de regiões tropicais, e podem apresentar um crescimento exagerado (i.e. floração) como consequência do processo de eutrofização que ocorre principalmente em regiões costeiras. Durante estas florações, certos gêneros de cianobactérias podem liberar metabólitos secundários que tem efeito tóxico em alguns organismos aquáticos (i.e. cianotoxinas), levando à morte de mamíferos através do comprometimento de seus sistemas neural e hepático.

Além da produção primária, o bacterioplâncton também desempenha um papel essencial na remineralização da matéria orgânica. Estes organismos estão envolvidos nos ciclos biogeoquímicos do carbono e nitrogênio, realizando, entre outros processos, a fixação destes elementos químicos, participando também da reciclagem de nutrientes promovida pela Alça Microbiana.

Referências:

Biologia Marinha. Pereira, R. C., & Soares-Gomes, A. (2002). Rio de Janeiro: Interciência, 2, 608.

Biology Online. http://www.biology-online.org/dictionary/Bacterioplankton