Classe Thaliacea

Nesta classe encontramos indivíduos livre natantes, muito pequenos, medindo poucos milímetros. A túnica destes animais é transparente. Vivem em mares tropicais e subtropicais.

Espécie da família Pyrosomatidae. Foto: mitsu1244 / Shutterstock.com

Estrutura corporal

Possuem formato de barril, o sifão atrial e o sifão bucal encontram-se em posições opostas, possuem faixas musculares, responsáveis pela contração. Locomovem-se através da expulsão da água pelo sifão atrial.

Digestão

São animais filtradores. O processo de alimentação é o mesmo das ascídias.

Sistemática

Gênero Doliolum: possui um feixe muscular em forma de anel que circunda todo o corpo do indivíduo.

Gênero Salpa: os feixes musculares são incompletos. São filtradores, monóicos e seu ciclo de vida possui alternância de gerações, existindo uma forma sexuada produtora de gametas e uma assexuada, formadora de brotos. Podem viver solitários ou em colônias flutuantes, pois não ficam fixos a um substrato.

Gênero Pyrosoma (pyro = fogo): esses animais possuem bioluminescência (as bactérias associadas à colônia que produzem a luz). Possuem o formato de um cilindro oco. Possui estatocisto.

Fontes:

http://www.biltek.tubitak.gov.tr/bilgipaket/canlilar/animalia/omurgali/salpa.htm
http://www.ugr.es/~amelia/asignatura/urocordados.php

Arquivado em: Urochordata