Deserto de Mojave

Mestrado em Geografia (UFSC, 2015)
Graduação em Geografia (UFSC, 2012)

O deserto de Mojave está localizado sobretudo na porção sul do estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América (EUA), e chega a formar praticamente uma faixa contínua juntamente ao deserto de Sonora, que está no mesmo país, no estado do Arizona. Mojave abrange uma área de aproximadamente 140.000 km², enquanto a área de Sonora possui cerca de 275.000 km². O tipo de solo predominante em ambos é cascalhoso e rochoso e, no primeiro, as médias de precipitação estão entre 50 e 125 milímetros, com temperaturas variando entre máximas de 48°C e mínimas de -13°C. Já no segundo, há uma precipitação média de 250 milímetros e as temperaturas médias são idênticas às do anterior. Esses dois desertos, juntamente com o de Chihuahua, são considerados os três desertos “quentes” dentre os quatro desertos da península da Baja Califórnia, com altas temperaturas por todo o verão. O quarto deserto dessa região, o da Grande Bacia, é o único considerado um “deserto frio” entre eles.

Paisagem do deserto de Mojave. Foto: Sierralara / Shutterstock.com

Mojave está a sudeste da Sierra Nevada, sendo um deserto de elevada altitude, com a sua maior parte superior a 600 metros acima do nível do mar. Como exceção podemos citar o Vale da Morte, ao norte, com 86 metros abaixo do nível do mar, sendo esse o local mais baixo e mais quente de todo o país – possuindo o recorde nacional, de 57°C, registrado no ano de 1913. É ali que estão situadas as planícies de sal, onde singulares polígonos de sal foram criados quando as altas temperaturas de verão racharam a crosta da planície fazendo com que a água retida logo abaixo evaporasse e precipitasse os cristais de sal. Devido à extrema aridez dessa parte do Deserto, há pouquíssima vegetação. Porém, a vida das plantas das demais áreas do norte do deserto se assemelham a das plantas do deserto da Grande Bacia, com diversos arbustos resistentes à seca. Uma das plantas de destaque é a árvore de Josué, símbolo do deserto de Mojave. Ela é um membro importante da família da iuca e floresce em lugares frios e de maior altitude.

Ao sul de Mojave, o deserto de Sonora possui uma altitude um pouco menor e, devido ao seu maior índice de precipitação, principalmente no inverno, têm uma vegetação mais exuberante, com a floração de plantas coloridas anuais. Características da região são algumas espécies entre os cactos que chegam a crescer até 12 metros de altura. Árvores com bactérias de fixação de nitrogênio em suas raízes auxiliam a fertilidade do solo. Há no deserto de Sonora um elemento geológico ímpar, que é uma enorme cratera vulcânica resultante da explosiva atividade magmática do Pleistoceno, sua localização é no extremo sul desse deserto, já no norte do México. Por fim, a fauna dos dois desertos – semelhante e não abundante – inclui as tartarugas do deserto, os escorpiões do deserto e um tipo de lagarto grande, conhecido como chuckwalla.

34% do território do deserto do Mojave está sob proteção ambiental, contudo, existe ali uma situação contraditória que chama a atenção. Há instaladas no deserto seis grandes bases militares estadunidenses. Se por um lado elas interferem nos ecossistemas locais com suas atividades, por outro têm influência na conservação, ao limitarem o acesso do público em geral e auxiliando em pesquisas e descobertas.

Representação da localização aproximada dos desertos de Mojave e Sonora. Fonte: USGS

Bibliografia:

LUHR, James F. Earth. Londres: Dorling Kindersley Limited, 2009.

Superinteressante. Desertos Norte-Americanos. Altos e baixos num cenário contrastante. Disponível em: <https://super.abril.com.br/ideias/desertos-norte-americanos/>. Acesso em: 17/10/2019.

Arquivado em: Biomas