Deserto de sal

Mestre em Ecologia (UERJ, 2016)
Graduada em Ciências Biológicas (UFF, 2013)

O deserto de sal é uma planície coberta por sal devido ao ressecamento, pela forte evaporação, de lagos no deserto, como é o caso do Salar de Uyuni, na Bolívia, considerado o maior deserto de sal do mundo. O deserto de sal na Bolívia tem origem no surgimento de diversos lagos salgados a milhares de anos atrás devido ao levantamento da Cordilheira dos Andes, que criou uma barreira entre o altiplano e o Oceano Pacífico, e por ficarem cercados por cadeias montanhosas, não tendo por onde a água escoar. Quando estes lagos secaram, deram origem ao deserto de sal de Uyuni e o de Coipasa.

Deserto de sal de Uyuni, Bolívia. Foto: Anouchka Unel / via Wikimedia Commons / Copyleft

A origem do deserto de sal de Uyuni sob o ponto de vista cultural dos indígenas da região dos Andes é de que as montanhas Tunupa, Kusku e Kusina, que circundavam a região, eram pessoas enormes, como gigantes. Tunupa se casou com Kusku, mas ele fugiu para ficar com Kusina. De luto, Tunupa começou a chorar enquanto dava de mamar para seu filho. Suas lágrimas se juntaram ao leite e formaram o deserto ou Salar (na língua espanhola). A população local considera Tunupa uma importante divindade e para eles a região deveria se chamar Salar de Tunupa em vez de Salar de Uyuni.

O solo do deserto de sal na Bolívia é resultado da mistura da água salgada com sedimentos como cloreto de sódio, cloreto de lítio e cloreto de magnésio, coberta por uma crosta de sal sólido que varia em espessura de algumas dezenas de centímetros a poucos metros. O deserto de sal de Uyuni tem 12000 km² de sal e funciona como mina de extração de sal pela Bolívia, sendo considerada a maior reserva de lítio do mundo.

Salar de Coipasa, na fronteira entre Chile e Bolívia. Foto: Marisa Estivill / Shutterstock.com

O deserto de sal de Coipasa possui uma superfície de 2218 km² e está localizado na parte ocidental da Bolívia, no distrito de Oruro, perto da fronteira com o Chile. Ele é considerado como o quinto maior deserto de sal do mundo, sendo o segundo maior na Bolívia, e está situado na parte central oeste do altiplano dos Andes, a 3657 metros de altitude. Da mesma forma que o Salar de Uyuni, o de Coipasa é um reservatório natural de muito potássio e lítio, declarado em 2007 como Reserva de mineração Fiscal. Este deserto de sal é também conhecido pelo nome de “espelho do céu”, pois no imenso branco do sal que compõem o solo, em uma paisagem cercada por vulcões, é possível ver o céu refletido criando-se uma ilusão de ótica, o que atrai muitos turistas para a região.

Outro deserto de sal bastante conhecido e visitado por turistas é o do Atacama, localizado no Chile, com 3000 km² de área e 2300 metros de altitude. O Salar é cercado pela Cordilheira dos Andes de um lado e pela Cordilheira do Sal do outro, além de vulcões que formam um cinturão. É o terceiro maior deserto de sal do mundo e faz parte da Reserva Nacional Los Flamencos (Reserva Nacional dos Flamingos). Além dos flamingos é possível encontrar na região diferentes espécies de lagartos, raposas e aves.

Referências Bibliográficas:

VIAJAR PELO MUNDO. As cores do salar de Atacama. <http://www.viajarpelomundo.com/2013/12/as-cores-do-salar-de-atacama.html>

REVISTA DESTINO. 2015. Coipasa: o espelho do céu. < http://www.destinos.com.bo/pt/el-salar-de-coipasa-espejo-del-cielo/>

BOLÍVIA ES TURISMO. Salar de Coipasa – Oruro. < http://boliviaesturismo.com/pt/salar-de-coipasa-oruro-boliviaesturismo/>

SALAR DE UYUNI – COMO SE FORMOU O MAIOR DESERTO DE SAL DO MUNDO. 2016. < https://viajento.com/2016/11/04/salar-de-uyuni-como-se-formou-o-maior-deserto-de-sal-do-mundo/>

Arquivado em: Biomas