Símbolos da Páscoa

Publicado em 03/02/2022
Ouça este artigo:

A Páscoa é uma celebração rica em significados. Desde as eras mais antigas até a sua chegada à tradição cristã, símbolos diversos e personagens povoam as comemorações do renascimento de Jesus Cristo. Alguns dos emblemas mais tradicionais são:

Ovo de Páscoa

Desde o século XVII a tradição remete ao coelho da Páscoa, que trazia ovos decorados às crianças. Antes disso, cegonhas e cucos eram os responsáveis pelos presentes. A cultura aponta que estes animais voaram a Roma durante a Quinta-feira Santa e pegaram os ovinhos. Então retornaram no dia seguinte (sábado) e distribuíram os ovos em locais diferentes. Desta forma, no Domingo de Páscoa as crianças buscam pelos presentes.

Ovos de Páscoa decorados. Foto: Wikimedia Commons / CC-BY-SA 3.0

Cordeiro da Páscoa

O Cordeiro de Páscoa remete ao Antigo Testamento, quando Deus fez uma aliança com o povo judeu. O cordeiro é visto como um dos símbolos mais antigos e tradicionais da Páscoa, não sendo muito usual nas comemorações dos países Ocidentais desde o século XX.

A história deste símbolo explica que um cordeiro era sacrificado nas comemorações de Páscoa. Na religião cristã, ele é citado em ocasiões religiosas: “Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós”.

Peixe

Representa um símbolo que remete à vida, utilizado no início da cristandade com o acróstico IXTUS - que significa peixe no idioma grego. Na Semana Santa é costume comer peixe na Sexta Feira, lembrando o período de 40 dias de jejum de carne da Quaresma.

Folha da palmeira

O Domingo de Ramos dá início ao que se costuma chamar, na tradição cristã, de Semana Santa. Ela simboliza a chegada de Jesus em Jerusalém, quando as folhas de palmeiras eram colocadas pelas pessoas na estrada, comemorando a sua chegada. Depois as folhas de palmeiras começaram a ser utilizadas para decorar as igrejas na Semana Santa, como um sinal de boas-vindas.

Coelho da Páscoa

O coelho da Páscoa simboliza vida e fertilidade, pois é um animal que se reproduz com velocidade. Sua relação com a data da Páscoa ocorre devido à representação da esperança simbolizada na ressurreição de Jesus Cristo.

Na antiguidade, o coelho era também sinônimo de fertilidade, pois no começo da primavera, era o animal que saía primeiro da toca. Conforme o tempo passou, tornou-se símbolo dos costumes festivos durante a semana de Páscoa. Da mesma forma que os ovos, os coelhos passaram e a ser tradicionais no Domingo de Páscoa.

Coelho da Páscoa. Foto: Lesekreis / Wikimedia Commons / CC0

Pão e vinho

Na tradição cristã, vinho e pão simbolizam respectivamente o sangue e o corpo de Cristo. Algumas famílias católicas, até mesmo, evitam cortar o pão com uma faca, esfacelando-o somente com as mãos. Como estes símbolos estão na Última Ceia, momento em que Jesus celebra a Páscoa judaica na companhia de seus discípulos na Quinta-feira Santa, o pão e o vinho ficaram atrelados à Páscoa. Isso ocorre porque a Quinta-feira Santa demarca o Tríduo Pascal: três dias que antecedem o Domingo de Páscoa, começando com a Quinta-feira, passando pela Sexta-feira Santa e terminando no Sábado Santo.

Sinos

No Domingo de Páscoa, a maioria das igrejas católicas toca os sinos para festejar o retorno de Cristo. São uma forma de anunciar a vitória contra a morte e a chegada de um momento de esperança para a humanidade.

Círio Pascal

O Círio Pascal consiste em uma vela grande, adornada com as letras do alfabeto grego: alfa e ômega. Elas significam respectivamente “começo” e “fim”. Na ocorrência da Vigília de Páscoa, são inseridos nesta vela os cinco pontos que simbolizam as chagas de Cristo após a crucificação. No Sábado de Aleluia, o costume cristão é acender esta vela para simbolizar a Ressurreição de Cristo.

Fontes:

https://gnosisbrasil.com/artigos/a-simbologia-da-pascoa/

https://www.gestaoeducacional.com.br/simbolos-da-pascoa-significado/

https://www.drafilo.com.br/oracao-do-cordeiro-de-deus/

https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/almanaque/que-raios-o-coelho-e-o-ovo-tem-a-ver-com-o-martirio-e-ressurreicao-de-jesus.phtml

Arquivado em: Cristianismo, Curiosidades