Festa de Corpus Christi

O Corpus Christi é uma expressão em latim que significa Corpo de Cristo. A festa de Corpus Christi está ligada à Igreja Católica e celebra o Santíssimo Sacramento da Eucaristia (uma homenagem ao sacrifício de Jesus Cristo feito por toda a humanidade; representação e celebração do seu corpo e sangue). Não é considerado feriado nacional, no entanto, é classificado como ponto facultativo, ou seja, a empresa tem opção de conceder folga ou não aos funcionários.

A comemoração de Corpus Christi acontece sessenta dias após o domingo de Páscoa (ressurreição de Jesus Cristo) ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade (um só Deus na forma do Pai, Filho e Espírito Santo). A celebração é marcada por missa e festa na comunidade e principalmente, pela procissão.

Procissão de Corpus Christi em Petrópolis, Rio de Janeiro (2019). Foto: Davi Correa / Shutterstock.com

A procissão é conduzida pelo bispo ou pelo pároco da igreja, seguido por centenas ou milhares de pessoas, dependendo a cidade. A caminhada é realizada em ruas próximas da paróquia e sempre por cima do extenso tapete confeccionado pela população. O tapete é a representação de vários símbolos bíblicos, que são desenhados e decorados manualmente com os seguintes materiais: serragem e sal coloridos, pó de café, pedras, areia, farinha, papéis, papelão, tampinhas de garrafa, flores e diversos outros.

População preparando o tapete para a procissão. Santana de Parnaíba, SP. Foto: Jaboticaba Fotos / Shutterstock.com

A festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV, em 8 de setembro de 1264. Na época, chegou ao Papa a informação de que a freira Juliana de Mont Cornillon da diocese de Liège, na Bélgica, recebia visões de Jesus lhe pedindo uma festa litúrgica anual em honra a Sagrada Eucaristia. Outro fato ocorrido foi quando o padre Pedro de Praga - República Tcheca, celebrou uma missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, e foi presenciado um milagre. Segundo relatos, ao levantar a hóstia sagrada (representação do corpo de Cristo) começaram a cair gotas de sangue. Dizem que isso aconteceu porque o padre não acreditava na presença real de Cristo na Eucaristia.

O Papa Urbano ao saber do acontecimento, ordenou que o bispo Giacomo levasse os objetos utilizados pelo padre Pedro para uma cidade próxima de Bolsena, em Orvieto, local onde residia o Papa. O trajeto realizado para carregar as relíquias foi feito em procissão até Orvieto, o Papa que aguardava a chegada, recebeu com as seguintes palavras “Corpus Christi”.

A procissão realizada atualmente no mundo todo, utiliza vias públicas por meio de permissão do Código de Direito Canônico (conjunto ordenado das normas jurídicas do direito canônico que regulam a organização da Igreja Católica Romana).

No Brasil, a procissão de Corpus Christi foi trazida pelos portugueses no período colonial. A tradição de decoração das ruas começou na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais.

Arquivado em: Datas Comemorativas