Síndrome da Hiperviscosidade do sangue

A síndrome da hiperviscosidade refere-se a um grupo de sintomas causados pelo aumento da viscosidade do sangue.

A viscosidade do sangue varia de acordo com a concentração de seus componentes. Desta forma, o aumento do nível de proteínas plasmáticas ou da parte figurada do sangue (as células sanguíneas) resulta em aumento da viscosidade.

Uma vez que esta síndrome pode surgir em diferentes condições, sua incidência não é conhecida. Pode ocorrer em indivíduos de todas as idades, tendo etiologia distinta em lactentes e adultos.

As diferentes condições que pode levar à síndrome da hiperviscosidade incluem:

  • Macroglobulinemia de Waldenström;
  • Mieloma múltiplo;
  • Policitemia vera;
  • Leucemia;
  • Distúrbios do tecido conjuntivo, como, por exemplo, artrite reumatoide;
  • Uso de ácido retinoico;
  • Hipóxia crônica;
  • Síndrome paraneoplásica.

Nos lactentes, a hiperviscosidade pode ser decorrente da policitemia, ocasionada pela hipóxia intrauterina ou hipóxia durante o parto.

Este transtorno pode levar a diferentes manifestações clínicas, como:

  • Problemas relacionados ao sistema nervoso, como letargia, cefaleia, nistagmo, surdez e convulsões;
  • Alterações visuais, como papiledema, dilatação dos vasos retinianos e perda da visão;
  • Problemas cardiovasculares, como hipertensão e insuficiência cardíaca;
  • Distúrbios hematológicos, incluindo anemia dilucional, sangramento anormal, trombose e transtornos leucocitários;
  • Problemas renais, envolvendo insuficiência renal e acidose tubular renal.

O diagnóstico pode ser feito por meio de exames de sangue que irão apontar alterações hematológicas consistentes com a síndrome da hiperviscosidade.

O tratamento varia de acordo com o fator desencadeantes da hiperviscosidade sanguínea e inclui:

As complicações da síndrome da hiperviscosidade envolvem déficit neurológico, insuficiência cardíaca e insuficiência renal.

Fontes:
http://www.medicinageriatrica.com.br/2012/03/04/sindrome-de-hiperviscosidade-o-que-e/
http://www.revistamedicaanacosta.com.br/9(4)/artigo_3.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Hyperviscosity_syndrome

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Síndromes