Era Jim Crow

A Era Jim Crow teve início quando foram decretadas leis estaduais para os estados do Sul dos Estados Unidos da América. Essas medidas definiram que as escolas públicas e a maioria dos locais públicos (entre eles, trens e ônibus) apresentassem instalações diferentes para brancos e negros. As leis de Jim Crow vigoraram entre os anos de 1876 e 1965 e foram combatidas por diversos grupos, entre eles a NAACP (National Association for Advancing of Colored People), órgão fundamental para findar a segregação.

Além deste grupo, várias pessoas e episódios foram de igual importância para o fim da Era Jim Crow. No ano de 1954, o pai da garota negra Linda Brown, que na época tinha oito anos de idade, entrou com uma ação judicial contra uma escola de brancos que havia negado a matrícula de sua filha. Disto resultou o maior julgamento do século XX, o famoso Brown contra o Conselho de Educação, que decretou o  fim da segregação nas escolas públicas.

No dia primeiro de dezembro do ano de 1955, na cidade do Sul, Montgomery (Alabama), Rosa Parks, uma costureira negra, negou-se a dar seu lugar em um ônibus para um homem branco. Rosa acabou sendo presa e este episódio desencadeou uma série de protestos. Militantes negros boicotaram o sistema de transportes americano na cidade onde isso ocorreu.

Após estes atos de rebeldia contra as Leis Jim Crow, manifestos sequenciais foram organizados e novos órgãos de defesa foram criados. Neste panorama entra em cena um nome de extrema importância para a história do século XX, Martin Luther King Jr., um pastor protestante e ativista político. Ele lutou pelos direitos civis dos negros, posicionou-se contrário à Guerra do Vietnã, que, em sua opinião, somente aumentava a desigualdade entre negros, índios e brancos pobres localizados nos Montes Apalaches. O pastor ficou conhecido nos Estados Unidos como Dr. King e acabou sendo vítima de um assassinato no ano de 1968.

Pouco antes da morte do Dr. King, no ano de 1964, ocorreu o Civil Rights Act (Leis dos Direitos Civis). Com este diploma legal, todos os sistemas de segregação racial do Estado foram findados, era o fim da Era Jim Crow. Um nome importante para a promulgação dessa lei foi John F. Kennedy, então presidente norteamericano. Em um de seus pronunciamentos, Kennedy pedia uma legislação que tivesse a capacidade de "dar a todos os americanos o direito de serem servidos em todas as instalações abertas ao público - como hotéis, restaurantes, teatros, lojas e estabelecimentos similares".

Fontes:
LOPES, Nei. O Racismo, explicado aos meus filhos. São Paulo: Agir, 2007.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_dos_Direitos_Civis_de_1964
http://en.wikipedia.org/wiki/Civil_Rights_Act_of_1964

Arquivado em: Estados Unidos