Questões da prova VUNESP 2009

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular VUNESP 2009. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 1:

Especula-se que o aquecimento global esteja interferindo nos recifes de corais australianos. Cerca de 13% do recife reduziu desde 1990. O excesso de gás carbônico produzido por atividades humanas pode:


Questão 2:

Todos os dias, o lixo é produzido em todas as cidades. Existem formas mais adequadas para o encaminhamento desses resíduos. Isso trará beneficio econômico e ambiental. Por exemplo, restos de alimentos, lixo hospitalar (de clínicas médicas e odontológicas) e resíduos sólidos (vidros, plásticos, papéis, metais) devem ser encaminhados, respectivamente, para:


Questão 3:

Variedades de cana-de-açúcar adaptada aos diversos climas e solos brasileiros, altamente produtivos e com alto teor de açúcar ou fibra, vêm sendo desenvolvidas há anos por técnicas tradicionais de melhoramento genético. O Programa da FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen) quer ajudar a acelerar o desenvolvimento dessas variedades por meio da manipulação genética do metabolismo energético das plantas cultivadas, gerando, assim, vantagens competitivas para a produção brasileira de etanol. (Pesquisa Fapesp, julho de 2008. Adaptado)

É grande o interesse sobre a planta mencionada. As pesquisas citadas possibilitam produzir:


Questão 4:

Analise os itens a seguir.

I. Levantamento de deduções;
II. Formulação de hipótese;
III. Experimentos que podem ser realizados;
IV. Observação de um fato.

Os itens listados são etapas simplificadas do método científico. Pode-se prever que os passos lógicos desse método seria:


Questão 5:

Existem algumas poucas espécies de anfíbios (um sapo e uma perereca) que sobrevivem em solo com 50 .ºC de temperatura. Eles apresentam alguns mecanismos fisiológicos e comportamentais que permitem a sobrevivência em ambientes com pouca água. Eles produzem enzimas que resistem a essa temperatura e eles conseguem realizar a estivação. (Folha de S.Paulo, 24.08.2009. Adaptado)

De acordo com a teoria da Evolução de Charles Darwin, pode-se afirmar que o animal:


Questão 6:

Asas de morcegos e asas dos insetos têm origens embrionárias totalmente diferentes. Assim, durante a evolução, a adaptação pode levar organismos pouco aparentados a desenvolver estruturas e formas corporais semelhantes. Trata-se de um caso de:


Questão 7:

Os fósseis são evidências importantes para a evolução. Tanto os fósseis como as evidências anatômicas indicaram que aves, tartarugas, crocodilianos, lagartos e cobras estão relacionados evolutivamente de forma diferente da classificação tradicional. O cladograma a seguir ilustra as relações evolutivas entre esses grupos.

Analisando o cladograma, pode-se concluir que:


Questão 8:

Duas grandes mudanças acompanharam a evolução do gênero Homo. A partir do Australopithecus, as mudanças foram:


Questão 9:

Considere o esquema que mostra diversos níveis tróficos ligados entre si formando uma teia alimentar na qual ocorre transferência de matéria e energia entre os organismos representados.

(Hickman, Roberts e Larson, Princípios integrados de zoologia. Adaptado)

Ao destacar uma cadeia alimentar com cinco níveis tróficos, dentre as várias relações, pode-se considerar que, nessa cadeia,


Questão 10:

Considere os gráficos.

Após uma aula sobre relações ecológicas, um professor propôs aos seus alunos a identificação de três dessas relações interespecíficas. Espécies diferentes de seres vivos (A, B, C, D, E e F) estão relacionadas nos gráficos. Pode-se concluir que as relações I, II e III correspondem, respectivamente,


Páginas: [1] 2 3