Geomática

Graduado em Geografia (Centro Universitário Fundação Santo André, 2014)

A Geomática é uma área de estudo que engloba as ciências naturais e tem como enfoque uma abordagem sistemática, utilizando meios integrados para a coletar dados espaciais necessários para questões científicas. Essa área envolve o processo de aquisição desses dados, o seu armazenamento, sua análise, sua disseminação e seu gerenciamento.

Sua aplicação é bastante variada, desde levantamentos topográficos e geodésicos, como os estudos ambientais, os estudos cartográficos, a fotogrametria, o planejamento, o mapeamento digital, os sistemas de informações geográficas (SIG), o sistema de transporte, o turismo, a engenharia, dentre outras atividades que empregam dados relacionados ao espaço.

A geomática começou a ser desenvolvida a partir da segunda metade do século XX aproveitando o desenvolvimento tecnológico que foi ocorrendo ao longo do tempo até os momentos mais atuais, isso auxilia na resolução de diversos problemas que se possam encontrar com a necessidade de informações geográficas. Problemas como o desmatamento, queimadas, falta de planejamento urbano, saneamento básico, saúde, falta do planejamento de engenharias, são alguns dos que podem ser resolvidos a partir do uso da geomática, o que requer um domínio da informação espacial.

Essa área envolve uma base científica, matemática e institucional com o intuito de gerenciar a aplicação de diferentes tecnologias ao mesmo tempo para permitir um alcance ao maior número de pessoas possível.

Nos últimos anos houve um crescimento da geomática que ocorre devido aos avanços tecnológicos de hardwares e softwares, que possibilitaram um aumento da velocidade do processamento de dados obtidos, juntamente aos recursos disponíveis nas áreas em que ela pode ser aplicada diminuiu seus custos de utilização, ampliando seu lugar no mercado.

Dentre os principais usos das informações geográficas presentes na geomática estão a popularização do uso da informação espacial através de softwares de baixo custo com ferramentas simples e baratas apoiados em microcomputadores, a intensificação do uso de imagens digitais como informação complementar a informação vetorial, a programação e o desenvolvimento de sistemas orientados a objetos, a padronização do intercâmbio de dados geográficos, e por fim, o provimento de acesso a base de dados geográficos via internet ou intranet.

No meio das funções exercidas pela geomática se encontram:

  • Aquisição de Dados: Essa função se relaciona com a coleta de dados e a definição das técnicas e parâmetros para essa coleta, sendo desenvolvida em de três maneiras - estudos preliminares e definição de metodologias que discute as tecnologias, técnicas e parâmetros para coletas de dados; a coleta de dados espaciais, onde essa coleta é realizada através de procedimentos topográficos, sistemas de posicionamento de satélites e produtos de sensores remotos; a coleta de dados cadastrais diz respeito a aplicação de cadastros com múltiplas finalidades.
  • Tratamento e Análise de Dados: Essa função consiste do tratamento e da análise de dados, envolvendo dados topográficos utilizando cálculos e nivelamentos, informações de produtos de sensores remotos com a extração de informações espaciais, e por fim os dados de satélites de posicionamento que são basicamente os processos de rastreamento e da transformação de dados.
  • Produção: Essa função diz respeito à correlação dos dados anteriormente coletados, tratados e analisados, com o intuito de se produzirem mapas digitais, laudos técnicos e memoriais descritivos. Também se faz parte dessa etapa o geoprocessamento: que está ligado à correlação de dados espaciais e cadastrais e a codificação das informações em um ambiente de SIG (Sistema de Informação Geográfica) com a consequente produção de cartas temáticas.
  • Implantação: Essa função diz respeito aos procedimentos envolvidos sobre a implantação ou supervisão de projetos, incluindo obras civis, parcelamentos e locações de projetos.

Bibliografia

LINDOSO, et al. Educação Profissional, Referências curriculares nacionais da educação profissional no nível técnico, área profissional: Geomática, Ministério da Educação: Brasília, 2000.

Arquivado em: Geografia