Planalto Serrano

Graduanda em Geografia (IFSP)
Graduada em Biologia (UNICSUL, 2018)

Publicado em 24/01/2022
Ouça este artigo:

O Planalto Serrano, conhecido também como Serra Catarinense, está localizado a 100 quilômetros de distância do litoral catarinense, com seu relevo constituído por camadas de basalto intercaladas, com arenito, da era mesozoica, datados de aproximadamente 135 milhões de anos. O planalto é regular, se inclinando suavemente para o oeste. As altitudes do relevo variam entre 800 e 1828 metros, sendo a região mais fria do Brasil, com grande foco turístico por conta das baixas temperaturas.

A baixa temperatura se dá por conta da posição do planeta Terra, e da posição do estado de Santa Catarina, ao sul, recebendo grande influência da massa Polar Atlântica, com seu clima subtropical. As temperaturas podem chegar até a -17°C, sendo a menor temperatura registrada no país pelo INMET em junho na década de 1950. O pico maior é o Morro da Igreja com 1.882 metros, que se destaca por ser o mais alto do estado e o ponto mais alto habitado de toda região sul do Brasil.

Vista do alto do Morro da Igreja, em Urubici. Foto: Lucas Martins / InfoEscola

As cidades localizadas pelo Planalto Serrano como por exemplo São Joaquim, são consideradas as cidades mais frias do Brasil, se localizam a mais de mil metros de altitude, tendo como consequência durante o inverno geadas e até mesmo a presença de neve, atingindo marcas negativas. Portanto nas zonas mais elevadas, o verão é um clima fresco e o inverno frio. O planalto sul, o clima frio permanece mais, de acordo com a elevação da região.

A região do Planalto Serrano ocupa a área com 19 municípios, em torno de 16.000 quilômetros quadrados, sendo equivalente a 17% de todo território de Santa Catarina, com a população em torno de 280.000 habitantes, representando 5% de todo estado. O município Lages também possui grande destaque pelo Planalto Serrano, com grande foco turístico.

Na região, as atividades econômicas são ligadas a pecuária e agroindústria e grande foco turístico, por conta das baixas temperaturas locais. Lages, que é o maior município da Serra Catarinense, é considerado o berço do turismo rural do país, sendo o local que se criou os hotéis fazendas, na década de 1980, em que hoje é popular o meio turístico para inúmeros locais do Brasil.

Na região do Planalto Serrano encontra-se uma das formações mais importantes do país, a Floresta Ombrófila Mista. A região possui a mistura de floras de diferentes origens, definindo padrões fito fisionômicos típicos, em zonas climáticas caracteristicamente pluviais, sendo conhecido a tipologia vegetal como Floresta com Araucária ou Mata de Araucárias. Possui também alguns resquícios de Mata Atlântica, que abrange plantas arbóreas de grande porte, uma mata mais densa.  Atualmente essas áreas são conservadas em parques ou áreas de proteção.

As araucárias produzem anéis de crescimento sazonais e sua análise permite auxiliar o manejo florestal pelo estudo da relação do crescimento com as mudanças do ambiente e estrutura da espécie. As araucárias podem atingir a altura de 50 metros quando adulta, com o tronco reto e com ramificações apenas na região do topo. As suas folhas possuem a aparência de agulhas, apresentam coloração a verde-escura, conseguindo permanecer com as temperaturas baixas.

Araucárias. Foto: Lucas Martins / InfoEscola.com

Bibliografia:

https://www.ucs.br/site/midia/arquivos/gt2-o-prodetur.pdf

https://www.scielo.br/j/cflo/a/xhR8Lp364CZ6nSN4MgSLGDP/?format=pdf&lang=pt

https://revistas.rcaap.pt/rca/article/view/16683/13572

https://omunicipio.com.br/menor-temperatura-do-brasil-ja-registrou-17oc-e-foi-em-santa-catarina/

Arquivado em: Brasil