Mar de Bering

Mestra em Geografia (Unicamp, 2017)
Bacharela em Geografia (USP, 2014)
Licenciada em Geografia (UEL, 2009)

Publicado em 26/06/2019

O Mar de Bering é um mar localizado entre o extremo-leste do continente asiático e o extremo oeste do continente americano. É caracterizado por ser um mar de águas geladas, com a temperatura das águas superficiais variando entre 1°C e 5°C.

Localização do Mar de Bering

Suas águas banham o Alasca, a Rússia e as Ilhas Aleutas, que fazem parte do território do Alasca. Tem um formato triangular, medindo 2.400 km na parte mais extensa e apenas 85 km em seu ponto mais estreito, conhecido como Estreito de Bering.

O Mar de Bering é aberto para o Oceano Pacífico e, ao Norte, suas águas se unem ao Oceano Ártico. Sua parte mais rasa está localizada na sua região nordeste e leste, sobre a plataforma oceânica do Alasca. Nessa região, as profundidades não ultrapassam os 150 metros.

Na porção sudoeste do Mar de Bering as profundidades são maiores, com média de 3.657 metros. O ponto mais profundo está localizada na Bacia de Bowers, há 4.097 de profundidade.

Mar de Bering ("Bering Sea"). Foto: pavalena / Shutterstock.com

Teoria de Bering

Uma das teorias que explicam o povoamento das Américas, defende que os seres humanos teriam iniciado o povoamento do continente americano há 50 mil anos a partir da travessia do Estreito de Bering.

De acordo com essa teoria, durante um período de glaciação, com o nível da água do oceano reduzido, teria se formado uma ponte natural entre a América e a Ásia, permitindo a travessia pelos povos que habitavam a Ásia.

A partir daí, os seres humanos passaram a povoar todo o território americano, dando origem aos diversos povos originários do continente.

Clima

O Clima no Mar de Bering é bastante severo. As correntes de água quente provenientes da região equatorial chegam com pouca força ao norte do Oceano Pacífico, fazendo com que as zonas costeiras da região tenham temperaturas baixas e invernos rigorosos, com temperaturas que chegam aos -45°C.

Essa característica faz do Mar de Bering um mar perigoso para navegação em decorrência da presença de Icebergs. Os navios que trafegam na região concentram suas atividades nos meses menos frios, que vão de maio à outubro para evitar a colisão com os inúmeros blocos de gelo encontrados nas águas geladas.

Economia

No mar de Bering vivem mais de trezentas espécies de peixes, alguns com alto interesse comercial, como o salmão. A região também é rica em crustáceos. A pesca de caranguejos na região é considerada uma das mais lucrativas do mundo.

A região é responsável por abastecer boa parte da demanda por frutos do mar dos Estados Unidos e da Rússia, países que controlam a região. Entretanto, a pesca predatória, coloca em risco o ecossistema local, sobretudo os grandes mamíferos marinhos, como as baleias, que são sensíveis às perturbações causadas pela indústria pesqueira.

Arquivado em: Hidrografia