Bacalhau

O bacalhau é um dos peixes mais conhecidos. É um nome comum para os peixes geralmente do gênero Gadus, pertencente à família Gadidae.

Habita as águas geladas do Atlântico norte e do Ártico. Durante séculos, essas águas foram frequentadas principalmente por bacalhoeiros portugueses que retornavam ao seu país carregando as toneladas de peixe já limpo e salgado.

Atualmente, os portugueses já não se dedicam à pesca de bacalhau com o mesmo vigor, e, em consequência, o peixe tornou-se em Portugal uma iguaria rara e cara.

Além da carne, o bacalhau fornece o famoso óleo de fígado, rico em vitaminas A e D, e que antigamente era fornecido às crianças para prevenir o raquitismo.

Estes peixes são grandes e atingem em média, 1,2 metros de comprimento e 40 kg de peso. A pesca do bacalhau é tão intensa, que poucos indivíduos atingem o desenvolvimento máximo.

São animais muito vorazes, engolindo tudo o que se move ao seu redor. Seu regime alimentar inclui os mais variados organismos marinhos, como peixes, crustáceos, lulas e outros moluscos. As larvas de bacalhau alimentam-se de plâncton.

Vivem em cardumes numerosos, às vezes formados por milhares de indivíduos. O acasalamento ocorre entre fevereiro e abril, e algumas populações efetuam longas migrações para chegar aos locais de reprodução. Ali tem lugar a postura e a fecundação coletiva dos ovos. O bacalhau são animais extremamente férteis: as fêmeas jovens põem cerca de 500.000 ovos. Segundo alguns autores, as mais velhas chegam a pôr 15 milhões. A alta taxa de mortalidade compensa essa absurda fertilidade.

O número de barbatanas dorsais e anais variam muito entre os Gadiformes: o cusk (Brosme brosme) possui apenas uma barbatana dorsal e uma anal; o bacalhau-sapo (Raniceps raninus) e o merlúcio (Merluccius merluccius) têm duas dorsais e uma anal; a pescada-marlonga (Merlangius merlangius) e o Trisopterus luscus possuem três dorsais e duas anais, separadas uma da outra.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bacalhau
http://www.nautic-seafood.com/cm58/
Guia Ilustrado – O Mundo dos Animais – Peixes III. Editora Nova Cultura, 1990.

Arquivado em: Peixes