Estrutura das palavras

Graduação em Letras Português e Inglês (Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2010)

As palavras são formadas pelo radical, vogal temática, tema, desinência e afixo. Esses 5 elementos, chamados Morfemas, compõe a estrutura das palavras. Abaixo, uma representação do que seria cada um desses Morfemas:

Radical é o morfema base, onde consta o significado principal da palavra. Exemplo:

Pedra – pedreiro – pedrinha – apedrejar

Perder – perdido – perdedor - imperdível

Existem palavras formadas apenas de radical, como é o caso de sofá, amor, café, animal, dor, paz, tatu.

Vogal Temática é a vogal que aparece seguida do radical, caracterizando nomes e verbos. Os nomes são distribuídos em 3 classes: -a, -e, -o, quando em posição final e átona. Exemplo:

Banana, poeta, rosa, mesa

Estudante, leite, dente, triste

Livro, rico, menino, sono

Já, as vogais temáticas dos verbos que são -a, -e, -i, caracterizam as conjunções verbais. Exemplo:

Falar

Entender

Sorrir

Tema é o radical acrescido da vogal temática e do radical, pronto para receber outros morfemas. Exemplo:

Chorar = chor + a

Rosa = ros + a

Livro = livr + o

Desinência é o morfema que indica o gênero e número dos nomes e de pessoa, número, modo e tempo dos verbos. Abaixo, vamos entender a diferença de cada uma delas.

Desinência nominal: indica o gênero feminino ou masculino e o plural dos nomes como substantivos, adjetivos, numerais e pronomes. Por exemplo:

Menin – a – s

    • Menin: radical
    • -a: desinência de gênero
    • s: desinência de número

Desinência verbal: indicam número e pessoa (desinências número-pessoais) e modo e tempo (desinências modo-temporais) dos verbos.

Cant – á – va – mos

    • Cant: radical
    • -á: vogal temática
    • -va: desinência modo-temporal
    • -mos: desinência número-pessoal

Afixo é o morfema acrescentado ao radical que possibilita a formação de novas palavras. Há dois tipos de afixos:

Prefixos: são afixos colocados antes do radical. Exemplos:

INfeliz

ANTEbraço

INativo

IMpermeável

SOBREpor

ULTRApassar

Sufixos : são afixos colocados depois do radical. Exemplos:

felizMENTE

homemZARRÃO

caldeiRÃO

dentUÇA

partÍCULA

cãoZINHO

Além disso, existem vogais e consoantes de ligação que surgem para facilitar a pronúncia. Abaixo, algumas situações destas:

Plen i – tude
Vogal de ligação

Carn – í – voro
Vogal de ligação

Cha –l – eira
Consoante de ligação

Pau – l – a - da
Consoante de ligação

Referência Bibliográfica:

LIMA, Rocha. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. 27 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986. 506p.

PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e atividades. 1. Ed. São Paulo: FTD, 2014. 512p.

Arquivado em: Português