Futuro do presente do indicativo

Graduada em Letras-Português (USP, 2011)

O verbo é a palavra cuja função sintática é exprimir ações, estados, fatos, ou fenômenos, os quais são situados em momentos determinados no tempo: os chamados tempos verbais. Para a formação dos tempos verbais consideramos o momento da enunciação como referência. Desse modo, o futuro do presente do indicativo indica um tempo posterior ao momento da fala, ou seja, um fato futuro com relação ao momento presente.

Há dois modos de expressar o futuro do presente do indicativo: simples ou composto, sendo que este se forma a partir da junção do verbo auxiliar ter + o particípio do verbo principal. Normalmente, esse tempo verbal indica fato certo ou provável posterior ao momento da enunciação; entretanto, admite outros usos.

Vejamos alguns exemplos das formas e seus empregos:

1. Empregos do futuro do presente do indicativo simples:

a. Indica fatos certos ou prováveis no futuro:

“Eu serei pra você / o que não importa saber” (“Beijo partido”, Toninho Horta)

Tenho certeza de que tu seguirás o nosso acordo.

b. Também pode exprimir incerteza sobre os fatos:

“O que será, que será / Que andam suspirando pelas alcovas?” (“O que será (‘à flor da terra’)”, Chico Buarque)

Seremos nós os responsáveis pela revolução?

c. Pode ser usado como uma forma mais polida do presente:

“Não, não posso ser acusado. Dirá o senhor: mas como foi que aconteceram? E eu lhe direi: sei lá. Aconteceram: eis tudo.” (Carlos Drummond de Andrade)

d. Pode expressar súplica ou ordem, com caráter imperativo:

Caminharás para o teu próprio abismo! Levarás todos nós contigo!

e. Em orações que expressam condição para uma situação provável:

Se poupares o dinheiro necessário, certamente conseguirás iniciar a compra do apartamento.

O futuro do presente do indicativo, em sua forma simples, também admite substituições por locuções verbais:

f. Verbo haver no presente do indicativo + preposição de + infinitivo do verbo principal. Geralmente, esse uso relaciona-se à intenção da realização de algo no futuro:

Havemos de encontrar uma razão para continuar juntos.

g. Verbo ter no presente do indicativo + preposição de + infinitivo do verbo principal. Indica a realização de algo obrigatório posteriormente:

Tenho de conversar com o gerente para sanar a dívida no banco.

h. Verbo ir no presente do indicativo + infinitivo do verbo principal:

Já limpamos tudo e amanhã vamos inaugurar a loja.

2. Empregos do futuro do presente do indicativo composto:

a. Indica ação futura cuja ocorrência se dá antes de outra:

Seremos todos escravos das escolhas que teremos feito.

b. Também indica a certeza de uma ação futura:

Teu esforço para que se faça justiça não terá sido vão.

c. Pode indicar incerteza sobre fatos passados:

Terei passado na prova de química?

A conjugação dos verbos regulares no futuro do presente do indicativo segue o seguinte paradigma flexional:

Forma simples

 

Verbo jogar (-ar, 1ª conjugação)
1ª pessoa – singular Eu jogarei
2ª pessoa – singular Tu jogarás
3ª pessoa – singular Ele/ela jogará
1ª pessoa – plural Nós jogaremos
2ª pessoa – plural Vós jogareis
3ª pessoa – plural Eles/elas jogarão

 

Verbo bater (-er, 2ª conjugação)
1ª pessoa – singular Eu baterei
2ª pessoa – singular Tu baterás
3ª pessoa – singular Ele/ela baterá
1ª pessoa – plural Nós bateremos
2ª pessoa – plural Vós batereis
3ª pessoa – plural Eles/elas baterão

 

Verbo mentir (-ir, 3ª conjugação)
1ª pessoa – singular Eu mentirei
2ª pessoa – singular Tu mentirás
3ª pessoa – singular Ele/ela mentirá
1ª pessoa – plural Nós mentiremos
2ª pessoa – plural Vós mentireis
3ª pessoa – plural Eles/elas mentirão

Forma composta

 

Verbo jogar (-ar, 1ª conjugação)
1ª pessoa – singular Eu terei jogado
2ª pessoa – singular Tu terás jogado
3ª pessoa – singular Ele/ela terá jogado
1ª pessoa – plural Nós teremos jogado
2ª pessoa – plural Vós tereis jogado
3ª pessoa – plural Eles/elas terão jogado

 

Verbos bater e mentir
(-er / -ir, 2ª e 3ª conjugações), respectivamente
1ª pessoa – singular Eu terei batido / mentido
2ª pessoa – singular Tu terás batido / mentido
3ª pessoa – singular Ele/ela terá batido / mentido
1ª pessoa – plural Nós teremos batido / mentido
2ª pessoa – plural Vós tereis batido / mentido
3ª pessoa – plural Eles/elas terão batido / mentido

Bibliografia:

CUNHA, C.; CINTRA, L. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 6ª ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2013. 800 p.

CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional. 2009. 696 p.

Arquivado em: Português