Gerundismo

Graduação em Letras Português e Inglês (Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2010)

O gerundismo é o uso inadequado do gerúndio e se tornou um vício de linguagem. Ele apareceu por conta de traduções ruins da língua inglesa e pelo uso corriqueiro e demasiado, prejudicando a comunicação verbal e escrita da forma correta do Gerúndio. O gerundismo dá a ideia de um futuro em andamento, uma ação duradoura que não será finalizada nunca; já o gerúndio usado na forma adequada, dá ideia de uma ação em andamento.

Exemplos de Gerundismo:

Eu vou estar anotando.

Vou estar ligando para a médica.

Vou estar providenciando os documentos.

Em que poderia estar ajudando?

O senhor vai ter que estar esperando.

"Só um momento, vou estar transferindo a sua ligação". (Foto: iStock.com / © AndreyPopov)

Exemplos de Gerúndio:

Eu estou anotando.

Diego estava pagando a conta de luz.

Ela estava providenciando os documentos.

Juliana estava correndo pela manhã.

Paulo estava dormindo, quando a supervisora foi à sua casa.

Outro exemplo do gerúndio empregado na forma correta é quando ele expressa uma ação que ocorrerá durante outro processo e que terá determinada duração. Exemplo:

Não vá em casa nessa hora, porque eu vou estar estudando.

Amanda vai estar dormindo, até amanhã.

Danilo vai estar trabalhando até o final de semana.

Os preços estão subindo todos os dias.

Abaixo alguns pontos de atenção que devemos ter para o uso do Gerúndio:

1. Evitar repetição excessiva desnecessária do gerúndio. Por exemplo:

O senhor pode estar esperando que vamos estar entregando a sua guitarra.

O senhor espere que entregaremos a sua guitarra.

2. O uso de mais de um gerúndio na mesma frase, só pode ser empregado quando ligado por conjunções como e, ou, nem. Por exemplo:

Nem comendo, nem bebendo; eles não estavam fazendo nada.

Na festa de casamento, gravaram os noivos dançando, gargalhando e bebendo.

3. Infinitivo flexionado não deve ser usado no gerúndio. Por exemplo:

Podendo estar ligando, falo com você.

4. Substituindo pelas preposições DE ou COM. Por exemplo:

Era um texto estava incluindo imagens.

Era um texto COM imagens.

Era uma casa contendo todos os eletrodomésticos.

Era uma casa COM todos os eletrodomésticos.

O gerúndio pode e deve ser empregado, não é errado o uso dele; porém ele deve ser usado para expressar uma ação em curso ou uma ação simultânea a outra. Para evitar o gerundismo é fundamental que saibamos a forma correta de empregar o gerúndio nas frases. Simplificar a frase é sempre a melhor saída. Outra dica boa é a leitura de livros que podem ajudar bastante na formação correta das frases. Esse sim é um vício bom, o da leitura.

Bibliografia:

ABREU, Antônio Suárez. Gramática Mínima: Para o domínio da língua padrão. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2003. 356p.

LIMA, Rocha. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. 27 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986. 506p.

https://www.estadao.com.br/manualredacao/esclareca/verbo.php

Arquivado em: Comunicação, Português