Queruscos

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Os Queruscos eram uma tribo de origem germânica que habitava a região da Baixa Saxônia.

Originalmente, os Queruscos faziam parte das tribos dos gauleses, tanto que a origem a de seu nome está no gaulês, kern, e significa chifre referente a um cervo. Esse povo habitava a região da Baixa Saxônia ocupando uma área que se estendia de Ornabrück até Hamburgo. Em tal território permaneceram do século I a.C. ao século I d.C.

Há ainda uma teoria que liga os Queruscos aos celtas, baseando-se na terminação do termo que dá nome ao povo. Além disso, acrescenta-se o fato de os Queruscos terem costumes de habitat e hábitos de caçadores muito semelhantes aos celtas, povo este que já ocupava a região da atual Alemanha muito antes do início das migrações germânicas. O mais provável mesmo é que todo esse processo de deslocamento tenha ocasionado em novas composições étnicas na região.

Os Queruscos, assim como os outros povos germânicos, tiveram também os seus contatos com o Império Romano. Quando Roma decidiu expandir seu território rumando para o norte da Europa e avançando pelo rio Reno, houve um contato inicial. Durante uma fase inicial, os Queruscos foram considerados como aliados dos romanos nas terras germânicas. Mas foi nesta época que a tribo se dividiu em dois grupos, um liderado por Armínio e outro por Segestes, grupos os quais apresentavam posturas diferenciadas em relação ao comportamento que deveria ser tomado com o Império Romano. O primeiro dos grupos defendia o rompimento da lealdade prestada à Roma e ansiava declarar sua independência. Por outro lado, os Segestes mantinham-se fiéis aos romanos. Com princípios diferenciados e a insatisfação com os romanos, Armínio planejou uma rebelião que foi ignorada pelos romanos até que estourasse efetivamente.

O confronto dos Armínios com os romanos foi significativo, eles conseguiram aniquilar três legiões romanas que estavam sob o comando de Varo. Em busca da honra perdida, os romanos marcharam para Germânia empreendendo uma campanha contra os Queruscos. Mesmo com o grandioso exército romano, os Queruscos conseguiram impor várias baixas. A situação, contudo, ficou instável com vantagem oscilando para cada um dos lados, até que Armínio foi derrotado definitivamente pelos romanos.

A conseqüência do embate com os romanos foi que estes deixaram os Queruscos dados à própria sorte após a morte de Armínio. Dando a tal povo germânico um futuro instável e repleto de dificuldades.

Arquivado em: Povos Germânicos