Hidróxido de cálcio

Doutora em Química (UFSC, 2016)
Mestre em Química Analítica (UFPR, 2010)
Licenciada e Bacharelada em Química (UFPR, 2009)

O hidróxido de cálcio, cuja fórmula molecular é o Ca(OH)2, pertence a classe das bases e é também chamado como cal hidratada, cal apagada, leite de cal ou ainda cal extinta. O termo cal é utilizado para uma série de produtos que são obtidos através da calcinação do calcário. O óxido de cálcio (CaO) por exemplo é conhecido como cal virgem ou cal viva, é importante não confundir os dois compostos. O Ca(OH)2 em temperatura ambiente é um sólido branco, tem ponto de fusão de 580°C e massa específica de 2240 kg/m³. É pouco solúvel em água (1,2 g/litro de água, à temperatura de 25º C) e por ser uma base forte, quando em solução a medida do pH fornece um valor de 12,8. É obtido pela reação de calcinação (aquecimento a altas temperaturas, cerca de 900ºC para carbonatos de alto teor de pureza) do carbonato de cálcio (CaCO3), que forma (CaO) que ao reagir com água leva a formação de Ca(OH)2.

CaCO3(s) → CaO(s) + CO2(g)

CaO(s) + H2O(l)  → Ca(OH)2(s)

Essa ultima reação é exotérmica com um calor liberado de 63,7 kJ/mol.

Ao ser aquecido o Ca(OH)2 se decompõe formando o óxido.

Ca(OH)2(s) → CaO(s) + H2O

Quando em solução aquosa, reage de forma de maneira exotérmica com ácidos, em um reação de neutralização que leva a formação de sal e água.

2 HNO3(aq)+ Ca(OH)2 → Ca(NO3)2 + 2 H2O(l)

Reagem também como dióxido de carbono (CO2) formando carbonato de cálcio, sendo uma reação que pode ser utilizada para detectar a presença de CO­2 dissolvido, uma vez que como o carbonato é insolúvel, irá surgir um precipitado na solução.

Ca(OH)2(s) +  CO2(g) →   CaCO3(s)  +  H2O(l)

Entre suas aplicações, temos a utilização no tratamento de águas e efluentes, onde é utilizado como agente floculante. Além disso também está presente na composição de tintas, argamassas, gessos e da cal utilizada na construção civil. Pode ser utilizado como substituto do hidróxido de sódio em alisadores de cabelo, ou ainda como suplemento de cálcio em formulações utilizadas como fortificantes para bebes ou adição em aquários como fonte de cálcio para os organismos.

Em função de suas propriedades alcalinas, tem aplicação na agricultura no processo de correção da acidez do solo. Além de ser utilizado na neutralização de ácidos e tratamento de couro na indústria de curtumes, sendo também aplicado no processo de tratamento de águas residuais provenientes da produção.

Na industria de alimentos participa do refinamento do açúcar ajudando na separação deste da cana. Além disso, é utilizado no processamento da água usada da produção de refrigerante e bebidas alcoólicas.

Na área de saúde é utilizado na formulação de diversos produtos dentários, tanto em restaurações quando como medicamentos, em função de ser biocompatível e ser antiinflamatório e antibacteriano. Também está presente na formulação de produtos antiácidos (na forma de suspensão, chamado de lei de cal), e ainda na indústria farmacêutica na produção de adstringentes e para tratamento de queimaduras.

Referencias:

Atkins, P. W.; Jones, Loretta . Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. Volume único. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006

Calheiros, J. P.; Zanin, T.; Pacheco, M. T. T. Revisão bibliográfica das aplicações clinicas e ações curativas na prática endodontica. IX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e V Encontro Latino Americano de Pós-Graduação – Universidade do Vale do Paraíba

Theodoro, P. S. ; Arroyo, P. A.; da Silva, E. A. Estimativa do Efeito das rampas de aquecimento sobre a formação dos cristalitos do óxido de cálcio e hidróxido de cálcio. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.11 n.22; p. 2015.

Tito e Canto. Química na Abordagem do Cotidiano. Volume único, parte A Química Geral. Editora Saraiva 2005.

Arquivado em: Compostos Químicos