Hidróxidos de Metais Alcalinos

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

A função básica é caracterizada estruturalmente pela presença de um grupo denominado hidroxila (OH-) ao final da representação da molécula, em número igual à valência do cátion metálico. Tal composto recebe a nomenclatura de hidróxido de... (cátion metálico). Em relação às propriedades físicas gerais dos hidróxidos, estão o elevado pH (sempre acima de sete) e a coloração rósea obtida em presença de fenolftaleína. Já com relação às propriedades químicas apresentadas por todos os hidróxidos, destaca-se a neutralização dos ácidos, com formação de sal e água.

Os metais alcalinos, elementos licalizados no primeiro grupo da Tabela Periódica (lítio, sódio, potássio, rubídio, césio e frâncio) formam hidróxidos solúveis em meio aquoso, quando representados pelos três primeiros. Dessa forma, o hidróxido de lítio (LiOH), o hidróxido de sódio (NaOH) e o hidróxido de potássio (KOH) serão abordados nesse texto.

LiOH - Hidróxido de Lítio

O hidróxido de lítio é uma base de alto poder corrosivo. Apresenta-se como um sólido branco altamente higroscópico (que absorve água). Apresenta certa solubilidade em etanol, mas sua solubilidade alcóolica é muito inferior à sua hidrosolubilidade. Comercialmente é tratado em sua forma pura (anidra), ou apenas com uma molécula de água como hidratação.

Pode se utilizar o LiOH para redução da concentração atmosférica de gás carbônico, “...a presença de CO2 em uma atmosfera fechada não é problema. Para eliminá-lo, há, adaptados à ventilação, recipientes com hidróxido de lítio (LiOH), uma base capaz de absorver esse gás. Nada quimicamente mais sensato: remover um óxido ácido da atmosfera lançando mão de uma base:

CO2 + 2LiOH --> Li2CO3 +H2O.    ”1

NaOH - Hidróxido de Sódio

O hidróxido de sódio trata-se de um sólido branco, deliquescente, de aspecto cristalino. Absorve facilmente água e CO2 do ar. Apresenta densidade 2,13 g/mL e P.F de 318ºC. É altamente solúvel em água, em um processo de natureza exotérmica (com grande desprendimento de calor). Apresenta relativa solubilidade também em álcool e glicerol. Devido à sua ação cáustica, seu nome comercial é soda cáustica. Pode ser sintetizado pela ebulição de solução de carbonato de sódio com hidróxido e cálcio, de acordo com o processo Na2CO3 +Ca(OH)2 → CaCO3 +2NaOH.

O NaOH pode ser purificado a partir de sua forma grosseira por meio de solução em álcool, onde o cloreto, o carbonato e o sulfato são praticamente insolúveis, e se precipitam. Segue-se com uma evaporação do álcool e então fusão do produto obtido.

KOH - Hidróxido de Potássio

O hidróxido de potássio apresenta-se como um sólido branco, muito deliquescente, absorvendo facilmente o CO2 do ar. Tem densidade 2,044 g/mL, e P.F 360,4°C. Sublima quando aquecido além do ponto de fusão, não passando em sua forma pura ao estado líquido em pressão atmosférica.

O KOH apresenta alta solubilidade em água e em álcool, sendo muito menos solúvel em demais solventes, como o éter, por exemplo.  Pode ser obtido a partir de cloreto de potássio, ou ainda pela ebulição de carbonato de potássio com hidróxido de cálcio, conforme o processo K2CO3 +Ca(OH)2 → 2KOH + CaCO3.

Referências:
1. http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u12947.shtml
PERUZZO, Francisco Miragaia (Tito); CANTO, Eduardo Leite; Química na Abordagem do Cotidiano, Ed. Moderna, vol.1, São Paulo/SP- 1998.
SARDELLA, Antônio; MATEUS, Edegar; Curso de Química: química geral, Ed. Ática, São Paulo/SP – 1995.

Arquivado em: Compostos Químicos