Monte Olimpo (Marte)

Por Felipe Araújo
Para entender um pouco mais sobre o Monte Olimpo, um extinto vulcão do Planeta Marte, é necessário saber primeiramente o que é um monte. Em sua maioria, os montes são largos escudos balsáticos com flancos que apresentam baixa inclinação (inferior a 6º) e são delimitados por falésias. Com uma aparência semelhante a dos escudos balsáticos da Terra, mas com uma escala de tamanho muito maior, o vulcão do Monte Olimpo de Marte tem diâmetro de aproximadamente 620 quilômetros e atinge a altura de 25 quilômetros, três vezes mais alto que o Monte Everest.

O Monte Olimpo é considerado o maior vulcão do Sistema Solar, mas não está em atividade. Seu nome em latim é Olympus Mons e foi descoberto pela NASA em 1971 por uma sonda espacial chamada Mariner 9, apesar disso, alguns astrônomos do século XIX já tinham conhecimento da existência do Monte Olimpo.

A formação de um vulcão desta magnitude pode ser entendida por Marte ser um planeta pequeno e rochoso, que se formou com proximidade ao Sol e teve uma atividade tectônica intensa em seu período de formação. Além disso, seu histórico geológico demonstra sinais de impactos com objetos do espaço (meteoros, asteroides). O Monte Olimpo está localizado bem próximo da região equatorial de Marte, mais especificamente no planalto de Tharsis. Ao observar suas formas, percebe-se que é limitado por uma escarpa, a extensão de sua cratera central é de 80 quilômetros e existem diversos círculos ao redor desta cratera, o que indica a ocorrência de atividade vulcânica desde sua formação.

Na opinião de alguns astrônomos, a origem do Monte Olimpo está relacionada com a bacia de Hellas, uma cratera formada por um impacto enorme com aproximadamente seis quilômetros de profundidade e dois mil quilômetros de diâmetro. A quantidade de energia causadora deste impacto teria originado a fusão das rochas e formado o Monte Olimpo e os montes de Tharsis. Com isso, houve também uma retração da costa adjacente, o que deu origem aos Valles Marineris, considerados o maiores desfiladeiros do Sistema Solar com 4000 quilômetros de extensão e sete quilômetros de profundidade.

Marte

  • Dados Astronómicos
  • Orbita - Sol
  • Distância média ao Sol (UA) - 1.52366
  • Excentricidade orbital - 0.09341
  • Período sideral (dias) - 686.980
  • Inclinação orbital - 1.850º
  • Velocidade orbital média (km/s) - 24.13
  • Período de rotação (horas) - 24.6597
  • Inclinação do eixo de rotação - 25.19º
  • Magnitude visual máxima - -2.91
  • Número de Satélites - 2

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u10968.shtml
http://www.ci.uc.pt/iguc/atlas/07marte.htm
http://www.portaldoastronomo.org/tema_pag.php?id=29&pag=2
http://pt.wikipedia.org/wiki/Monte_Olimpo_(Marte)
http://www.ciencia-cultura.com/Astronomia/marte.html
http://fr.wikipedia.org/wiki/Fichier:OlympusMons_MaunaKea_Everest_diagram-fr.svg