Sonda espacial

Mestre em Astronomia (Observatório Nacional, 2016)
Graduado em Física (UFRPE, 2014)

Uma sonda espacial é uma nave não tripulada que é enviada para o espaço a fim coletar informações sobre planetas, luas, cometas e outros objetos do Sistema Solar. Algumas sondas orbitam planetas e luas, outras chegam a pousar neles, mas há também as que apenas passam perto desses corpos celestes para estudá-los.

Nessa seção vamos abordar algumas das sondas das mais importantes historicamente.

Programa Luna

O programa Luna foi um programa de exploração lunar soviético que perdurou entre 1959 e 1976. Apesar de algumas sondas terem se destruído ao atingir o solo lunar, esse programa foi pioneiro em vários âmbitos.

Em janeiro de 1959, a Luna 1 se tornou o primeiro objeto feito por humanos a atingir a velocidade de escape da Terra e entrar na órbita solar. O objetivo era pousar na Lua, no entanto, problemas no sistema de orientação fizeram com que a sonda passasse 6,4 km distante da Lua. Apesar disso, ela conseguiu medir a força do vendo solar e mostrar que a Lua não possui campo magnético.

Em setembro do mesmo ano, foi lançada a Luna 2 que, dessa vez, conseguiu pousar na Lua, sendo o primeiro objeto feito por humanos a atingir a Lua. Menos de um mês depois, foi lançada a Luna 3 que, pela primeira vez, obteve imagens do "lado escuro" da Lua.

Figura 1: Primeira imagem do lado escuro da Lua, obtida pela sonda soviética Luna 3 em 1959.

Voyager

As sondas gêmeas Voyager 1 e Voyager 2 são as sondas que foram mais longe no espaço até hoje. Lançadas pela NASA em 5 de setembro de 1977, tinham como missão inicial sobrevoar Júpiter e Saturno e coletar informações sobre eles diretamente na fonte, visto que até então só existiam estudos remotos feitos sobre eles.

Em 2002, a Voyager 1 saiu do Sistema Solar e entrou no meio interestelar, criando um marco na História como a primeira sonda a completar esse feito. Junto com a Voyager 2, elas coletam dados, não apenas dentro da heliosfera (área do espaço o qual nosso Sol tem influência), mas como fora dela também. Ambas as sondas continuam mandando informações para os cientistas na Terra.

Figura 2: Imagem da sonda Voyager

A sonda contém um disco de ouro que funciona como uma cápsula do tempo. Nele contém informações sobre a Terra, como músicas, sons, imagens e informações sobre nosso planeta. Seu propósito é mostrar a diversidade cultural do nosso planeta para um possível extraterrestre que encontrar a sonda.

Figura 3: O disco contém o cumprimento “Paz e felicidade a todos”

Huyens

Em 2004, a Agencia Espacial Europeia (ESA) junto com a NASA e a Agencia Espacial Italiana (ASI) lançaram a Cassini, uma nave espacial enviada para o sistema de Saturno para estudar seu complexo sistema de anéis e luas. A nave possuía uma orbitador e uma sonda, a Huygens cuja missão era explorar Titan, a maior lua de Saturno.

Em janeiro de 2005, Huygens pousou na superfície congelada de Titan e sobreviveu por 2 horas e 27 minutos, até que suas baterias acabassem. Durante esse tempo, a sonda conseguiu coletar informações sobre a atmosfera e a superfície de Titan, incluindo algumas imagens.

Figura 4: Imagem artística da sonda Huygens na superfície de Titan. Créditos: ESA

Leia mais:

Referências:

http://coolcosmos.ipac.caltech.edu/ask/285-What-is-a-space-probe-

https://www.daviddarling.info/encyclopedia/L/Luna.html

https://nssdc.gsfc.nasa.gov/nmc/spacecraft/display.action?id=1959-012A

https://solarsystem.nasa.gov/missions/voyager-1/in-depth/

https://www.nasa.gov/feature/goddard/2019/the-voyage-to-interstellar-space

https://voyager.jpl.nasa.gov/golden-record/

https://sci.esa.int/web/cassini-huygens/-/55221-huygens-titan-science-highlights

https://solarsystem.nasa.gov/missions/cassini/science/titan/