Programa Voyager

O Programa Voyager é um projeto desenvolvido pela NASA na década de 70 e que mandou para o espaço duas espaçonaves contendo mensagens que podem ser interpretadas por possíveis seres inteligentes de outros planetas.

Ambas as espaçonaves carregam cada uma um disco no qual estão gravadas mensagens em diversas línguas, músicas e imagens do nosso planeta e dos seres que habitam nele de forma a poder representar um pouco da terra e do que somos. Elas ainda contêm a localização da terra no espaço e a forma de chegar até nós, caso seja encontrada por outros seres.

A mensagem para os extraterrestres é o mais romântico e mais longo projeto da agência espacial norte americana, já fazem mais de 30 anos que as espaçonaves foram lançadas (em 1977) e a Voyager 1 já está na fronteira final do sistema solar conhecida como “Heliosheath”.

A missão inicial das Voyager era explorar Júpiter, Saturno e suas luas, mas depois de cumprir com êxito esta missão elas continuaram e foram as pioneiras nas explorações a Netuno e Urano enviando imagens nunca antes vistas por nós.

O Programa Voyager ficou conhecido no mundo inteiro porque representa a esperança humana de encontrar vida inteligente em outro planeta, o que significaria que não estamos sozinhos no universo e que é possível que haja mais planetas habitáveis como a Terra.

Carl Seagan, o diretor do projeto e responsável pela equipe incumbida de elaborar o conteúdo dos discos, escreveu em seu livro “Murmúrios da Terra: a viagem interestelar” como foi o trabalho de colocar em dois discos tudo o que a terra representa e ainda de forma que pudesse ser entendível por seres de outro planeta. Não foi uma missão nada fácil segundo ele, mas o resultado foi um trabalho que entrou para a história e virou um ícone da década de 70.

Leia também:

Arquivado em: Exploração Espacial