Sistema Nervoso Central

O sistema nervoso é um sistema de fundamental importância ao nosso organismo, estando relacionado diretamente com a assimilação dos estímulos captados pelos sentidos e coordenação das diversas atividades do organismo. É dividido em sistema nervoso central e sistema nervoso periférico. As células que compõem o sistema nervoso e que realizam estas funções são conhecidas como neurônios, e sua especialidade consiste em transmitir o impulso nervoso.

O sistema nervoso central (SNC) é composto pelo encéfalo e pela medula espinhal. Suas principais funções são o processamento e a integração das informações no organismo. O encéfalo e a medula espinal estão protegidos, respectivamente, pelo crânio e pela coluna vertebral.

As estruturas que compõem o SNC são revestidas por três membranas conjuntivas, denominadas meninges. A membrana mais externa chama-se dura-máter, a intermediária, aracnoide, e a mais interna, pia-máter. Estas membranas garantem ao SNC nutrição e proteção contra traumas de eventuais choques mecânicos.

Encéfalo

O encéfalo é composto por três partes: cérebro, cerebelo e tronco encefálico.

Cérebro: corresponde a região mais desenvolvida do encéfalo e está dividido, através de sulcos, em dois hemisférios: o telencéfalo e o diencéfalo. Estes hemisférios também apresentam divisões delimitadas por sulcos mais profundos, formando os lobos frontais, parietais e occipitais. Cada lobo está envolvido com funções específicas, como, por exemplo, o pensamento e a fala, ligadas aos lobos frontais.

A camada externa dos hemisférios cerebrais é composta por uma substância cinzenta denominada córtex cerebral, que é rica em neurônios. Já a camada mais interna dos hemisférios é rica em dendritos e axônios, chamada de substância branca devido ao revestimento destes por mielina.

O tálamo, estrutura localizada no diencéfalo, recebe impulsos dos órgãos do sentido (exceto do olfato) e os transmitem para o córtex cerebral para sua interpretação. Sobre o tálamo há o hipotálamo, uma pequena região envolvida com a ativação de glândulas produtoras de hormônios, sendo de grande importância para manutenção da homeostase do organismo.

Cerebelo: localiza-se entre a parte posterior do cérebro e o tronco encefálico. É a estrutura envolvida com a coordenação dos movimentos do corpo e equilíbrio. Também é composto por substância cinzenta em sua região externa e substância branca em sua região interna.

Tronco encefálico: é formado apenas por substância branca e é dividido em mesencéfalo, ponte e bulbo raquidiano ou medula oblonga. O mesencéfalo é responsável pelos reflexos visuais e auditivos. A ponte atua controlando a respiração e a movimentação de partes do corpo como os olhos e o pescoço. Já o bulbo raquidiano controla funções vitais como o batimento cardíaco, vasoconstrição etc.

Medula espinhal

A medula espinal localiza-se ao longo da coluna vertebral e, ao contrário do cérebro e cerebelo, possui a parte interna composta por substância cinzenta e a parte externa por substância branca.

É responsável pelo recebimento das informações das diversas regiões do corpo para sua transmissão ao encéfalo, onde são assimiladas. Além de mediar estas informações, também está envolvida com a produção de estímulos simples, como, por exemplo, a retirada imediata das mãos de uma superfície quente. A produção destes estímulos é possível graças aos 31 nervos que a medula espinal possui.

Arquivado em: Sistema Nervoso