Paraíba

Paraíba é o nome de um dos 26 estados (ou unidades federativas) do Brasil. Localizado na região nordeste do país, possui limites com Rio Grande do Norte a norte, a leste com o Oceano Atlântico, Pernambuco ao sul e Ceará a oeste. Sua área é de 56.584,6 km², um dos menores estados da federação. A população é de cerca de 3,8 milhões de habitantes, sendo a capital João Pessoa. Além da capital, outras cidades de destaque são Campina Grande, Santa Rita, Patos, Souza, Cajazeiras e Cabedelo.

mapa da paraibabandeira-paraibaO território paraibano apresenta uma planície em seu litoral, que evolui para um planalto mais ao centro, com uma depressão a oeste. Seu clima é tropical no litoral e semi-árido no interior. O ponto mais elevado é o pico do Jabre, na serra do Teixeira, com 1197 m. João Pessoa se destaca por ser a cidade mais a leste de todas as Américas, e ainda por ser a segunda mais arborizada do mundo, depois de Paris.

A economia está concentrada em atividades primárias como a agricultura e pecuária, complementada pelo turismo e serviços, o que resulta em uma das mais baixas rendas per capita do país. Como a caatinga cobre a maior parte de seu território, a agricultura na Paraíba fica restrita ao litoral e à Zona da Mata, e está concentrada na cana-de-açúcar, e em menor parte, na mandioca, feijão, milho e sisal. Alimentos, pescados, vestuário e metal-mecânicos são os produtos da industrializados do estado, e respondem por um terço de sua economia. Recentemente, a cidade de Campina Grande está se destacando como centro de produção de programas de computador.

A história conhecida da Paraíba se inicia com a ocupação e colonização portuguesa no final do século XVI. A exploração econômica começa quase que imediatamente, com o cultivo da cana-de-açúcar. João Pessoa é fundada em 1585 com o nome de Vila de Filipéia de Nossa Senhora das Neves, mais tarde, Paraíba do Norte. Com disseminação dos canaviais pela Zona da Mata, os colonos passam a importar escravos africanos, o que gera uma atividade bastante lucrativa. Tal situação atrai o interesse dos holandeses no século XVII, que permanecem na área cerca de vinte anos. O interior passa a abrigar fazendas de gado, e no século XVIII a mineração de ouro e diamante no centro-sul causa o declínio da economia canavieira.

Depois de participar nas lutas de independência, Revolta Pernambucana de 1817 e na Confederação do Equador, em 1824, a Paraíba experimenta uma etapa de relativa estabilidade política, ameaçada pelo gradativo empobrecimento de toda a região nordestina.

Em 1930, morre seu governador, João Pessoa, o que gera a chamada Revolução de 1930, movimento responsável pelo fim da República Velha. A capital do estado é então rebatizada com o nome de seu ilustre mártir político. Hoje, a Paraíba luta para se modernizar, deixando de apresentar um dos menores índices de desenvolvimento humano (IDH) do país.

Veja também:

Bibliografia:
Paraiba - geografia e história da Paraiba. Disponível em: < http://prbpress.blogspot.com.br/2011/11/paraiba-geografia-e-historia-da-paraiba.html>. Acesso: 26/03/13.

Arquivado em: Brasil